Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Guarde bem o rosto desses atletas


Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

22/07/2012 | 07:00


Divulgação

Lucas Bittencourt, 18 anos, ginasta

O atleta de Americana, interior de São Paulo, começou no esporte com 8 anos e há cinco faz parte da equipe de São Caetano. "Fazia natação e resolvi fazer um teste para ginástica. Adorei", conta o garoto, que se destaca na barra e nas paralelas. Já participou da Seleção Brasileira infantil e juvenil. "Fui conhecer o centro de treinamento do Rio de Janeiro. É muito bom."

Divulgação

Francisco Barreto Junior, 22 anos, ginasta

Aos 7 anos, experimentou a ginástica artística em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e não parou mais. Aos 13 anos, vestiu a camisa do São Caetano pela primeira vez. Já participou e venceu diversas competições representando o Brasil, incluindo, o primeiro lugar nos Jogos Panamericanos de 2011. Além de viver pela ginástica, está terminando a faculdade de Educação Física. "É bem difícil conciliar tudo, mas preciso correr atrás para estar nos jogos de 2016."

Divulgação

Isac Viana, 21 anos, jogador de vôlei

Com 2,07m, Isac Viana, de São Gonçalo (Rio de Janeiro), reforça a equipe masculina de vôlei BMG/São Bernardo desde 2007. "Meu objetivo é sempre estar bem preparado. E, claro, quero muito estar na Olimpíada do Rio de Janeiro. Minha família é toda de lá", diz o atleta, que já representou o Brasil em algumas competições.

Divulgação

Thiago Braz, 18 anos, saltador com vara

Campeão mundial juvenil do salto com vara em Barcelona no começo do mês, Thiago Braz, do Clube de atletismo BM&FBOVESPA de São Caetano, nasceu em Marília, interior de São Paulo, e foi para o atletismo por influência de um tio. Agora está em Londres acompanhando a seleção brasileira. "O Brasil está forte, batendo marcas e recordes", acredita o atleta, que já conheceu vários países do mundo. "É muito bom poder chegar perto dos meus ídolos nas competições."

Divulgação

Déborah Hannah, 19 anos, jogadora de handball

A pernambucana de 19 anos, Déborah Hannah, vestiu a camisa da Seleção Brasileira de Handball já aos 15 anos. Com 17, recebeu a primeira convocação para o time adulto. "Isso me faz acreditar que tenho alguma chance de participar de uma Olimpíada." A atleta treina no time da Metodista há seis meses e sentiu a grande mudança. "É muito difícil administrar a saudade de casa, mas tenho certeza que meu esforço vai valer a pena"



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guarde bem o rosto desses atletas

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

22/07/2012 | 07:00


Divulgação

Lucas Bittencourt, 18 anos, ginasta

O atleta de Americana, interior de São Paulo, começou no esporte com 8 anos e há cinco faz parte da equipe de São Caetano. "Fazia natação e resolvi fazer um teste para ginástica. Adorei", conta o garoto, que se destaca na barra e nas paralelas. Já participou da Seleção Brasileira infantil e juvenil. "Fui conhecer o centro de treinamento do Rio de Janeiro. É muito bom."

Divulgação

Francisco Barreto Junior, 22 anos, ginasta

Aos 7 anos, experimentou a ginástica artística em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e não parou mais. Aos 13 anos, vestiu a camisa do São Caetano pela primeira vez. Já participou e venceu diversas competições representando o Brasil, incluindo, o primeiro lugar nos Jogos Panamericanos de 2011. Além de viver pela ginástica, está terminando a faculdade de Educação Física. "É bem difícil conciliar tudo, mas preciso correr atrás para estar nos jogos de 2016."

Divulgação

Isac Viana, 21 anos, jogador de vôlei

Com 2,07m, Isac Viana, de São Gonçalo (Rio de Janeiro), reforça a equipe masculina de vôlei BMG/São Bernardo desde 2007. "Meu objetivo é sempre estar bem preparado. E, claro, quero muito estar na Olimpíada do Rio de Janeiro. Minha família é toda de lá", diz o atleta, que já representou o Brasil em algumas competições.

Divulgação

Thiago Braz, 18 anos, saltador com vara

Campeão mundial juvenil do salto com vara em Barcelona no começo do mês, Thiago Braz, do Clube de atletismo BM&FBOVESPA de São Caetano, nasceu em Marília, interior de São Paulo, e foi para o atletismo por influência de um tio. Agora está em Londres acompanhando a seleção brasileira. "O Brasil está forte, batendo marcas e recordes", acredita o atleta, que já conheceu vários países do mundo. "É muito bom poder chegar perto dos meus ídolos nas competições."

Divulgação

Déborah Hannah, 19 anos, jogadora de handball

A pernambucana de 19 anos, Déborah Hannah, vestiu a camisa da Seleção Brasileira de Handball já aos 15 anos. Com 17, recebeu a primeira convocação para o time adulto. "Isso me faz acreditar que tenho alguma chance de participar de uma Olimpíada." A atleta treina no time da Metodista há seis meses e sentiu a grande mudança. "É muito difícil administrar a saudade de casa, mas tenho certeza que meu esforço vai valer a pena"

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;