Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cachorrão goleia e se mantém na Segundona

EC São Bernardo aplica 5 a 1 no Mauaense e faz os primeiros pontos na Segundona estadual


Thiago Postigo Silva
Do Diário do Grande ABC

11/05/2013 | 07:00


O jogo de ontem à noite no Baetão servia de remédio paliativo para Esporte Clube São Bernardo e Grêmio Mauaense, que se encaminhavam para a UTI da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, mas somente um apresentou melhora considerável após 90 minutos. O Cachorrão voltou à vida ao golear o rival por 5 a 1, pela terceira rodada do Grupo 8, com gols de Washington, duas vezes, Ranses, Daniel e Luizinho. Anderson Gindre descontou aos visitantes.

A vitória deu os primeiros três pontos ao São Bernardo, que agora ocupa a terceira posição da chave e respira sem ajuda de aparelhos. Já a lanterna Locomotiva, que foi goleada em todas as partidas e ontem estreou o técnico Jobel Mendes, segue nos trilhos que a levam ladeira abaixo.

O início da partida já desenhava como seria o duelo. O Esporte Clube começou marcando no ataque e pressionando a saída de bola adversária. Assim, abriu o placar, aos 12. Ranses cruzou da direita e Washington cabeceou à rede. Pouco depois, o atacante ainda acertou a trave.

Porém, não faria falta porque o segundo saiu para festa da pequena torcida no Baetão. Aos 23, em cobrança de falta pela esquerda, Ranses acertou o ângulo do goleiro Lucas.

Se a situação estava ruim para a Locomotiva, piorou ainda mais. O arqueiro se lesionou e deu vaga para Bode. Mas quem estava de bode era o próprio Mauaense, que levou o terceiro, aos 48. Após bola alçada na área, Washington cabeceou, o goleiro deu rebote e o próprio atacante marcou.

A etapa final iniciou no mesmo ritmo e o Cachorrão ampliou em contra-ataque que terminou com Daniel, que, sozinho, chutou no canto direito de Bode, logo aos quatro minutos - 4 a 0 para os mandantes.

Foi então que o São Bernardo se acomodou e o Mauaense aproveitou. Aos 17, depois de bobeada da zaga, o artilheiro Anderson Gindre, oportunista, diminuiu.

Mas foi só, porque a noite era do ressuscitado Cachorrão, que fechou com chave de ouro. Luizinho fez fila nos adversários e marcou belo gol, aos 44, encerrando a festa.

Aliviado, vencedor comemora fim de sequência negativa

Alívio. Esse foi o sentimento no vestiário no Esporte Clube São Bernardo depois da goleada sobre o Grêmio Mauaense. A equipe havia perdido os dois primeiros jogos na Segunda Divisão e parecia que estava difícil de engrenar.

Para o técnico Júlio César Passarelli, o time já estava merecendo vencer na competição. "Merecíamos essa vitória. Deveríamos ter um resultado positivo logo contra a Portuguesa Santista (perdeu por 2 a 0, em Santos), mas meu time estava muito ansioso, assim como na estreia (derrota por 2 a 1 para o Água Santa, em casa). O adversário era muito complicado", destacou o treinador.

Segundo o comandante, o resultado positivo vai dar mais tranquilidade para os próximos jogos. "O resultado dá credibilidade para continuarmos firmes", frisou.

Já o atacante Daniel, autor do quarto gol de ontem, enalteceu a força do grupo. "Todos tiveram muita dedicação. Fizemos nosso máximo durante os 90 minutos", frisou o jogador.

Apesar da vitória, o São Bernardo terá um compromisso mais complicado na próxima rodada. O time encara o CA Diadema, líder do Grupo 8, no Estádio Inamar, no dia 18 (sábado).

"Será duelo muito difícil, mas vamos continuar buscando a vitória. Temos que buscá-la sempre", disse Passarelli.

Nosso elenco é muito inferior, lamenta derrotado

Otécnico Jobel Mendes sabia que a estreia no comando do Grêmio Mauaense seria complicada, mas não esperava perder por 5 a 1 logo no primeiro jogo. O comandante voltou a afirmar se a diretoria quiser classificação, terá de buscar por reforços.

"Se tiver pensando em realizar um papel melhor, teremos de buscar reforços. Nossa equipe é muito inferior às outras", lamentou o treinador, que assumiu no lugar de Paulo Pedro.

Segundo Jobel, o grande problema do Mauaense foi utilizar jogadores do time sub-20 do ano passado. "Temos um grupo muito verde. Para piorar, os jogadores que estão acima dos 23 anos não estão ajudando como deveriam", reclamou.

Sobre o confronto de ontem, ele lamentou as falhas do Mauaense. "Sem tirar os méritos do São Bernardo, que está de parabéns pela vitória. Mas todos os gols que levamos foram de erros nossos. Erros de marcação, faltas bobas, tudo falha nossa. Nós nos complicamos", justificou o comandante.

Ele também ressaltou que teve pouco tempo de trabalho à frente do grupo. "Treinei o grupo apenas um dia e mudei o esquema tático (do 4-4-3 para o 4-4-2). Estou aqui porque sou amigo da diretoria, mas precisamos de mudanças", frisou.

A Locomotiva agora volta a campo no dia 18 (sábado) contra a Portuguesa Santista, no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cachorrão goleia e se mantém na Segundona

EC São Bernardo aplica 5 a 1 no Mauaense e faz os primeiros pontos na Segundona estadual

Thiago Postigo Silva
Do Diário do Grande ABC

11/05/2013 | 07:00


O jogo de ontem à noite no Baetão servia de remédio paliativo para Esporte Clube São Bernardo e Grêmio Mauaense, que se encaminhavam para a UTI da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, mas somente um apresentou melhora considerável após 90 minutos. O Cachorrão voltou à vida ao golear o rival por 5 a 1, pela terceira rodada do Grupo 8, com gols de Washington, duas vezes, Ranses, Daniel e Luizinho. Anderson Gindre descontou aos visitantes.

A vitória deu os primeiros três pontos ao São Bernardo, que agora ocupa a terceira posição da chave e respira sem ajuda de aparelhos. Já a lanterna Locomotiva, que foi goleada em todas as partidas e ontem estreou o técnico Jobel Mendes, segue nos trilhos que a levam ladeira abaixo.

O início da partida já desenhava como seria o duelo. O Esporte Clube começou marcando no ataque e pressionando a saída de bola adversária. Assim, abriu o placar, aos 12. Ranses cruzou da direita e Washington cabeceou à rede. Pouco depois, o atacante ainda acertou a trave.

Porém, não faria falta porque o segundo saiu para festa da pequena torcida no Baetão. Aos 23, em cobrança de falta pela esquerda, Ranses acertou o ângulo do goleiro Lucas.

Se a situação estava ruim para a Locomotiva, piorou ainda mais. O arqueiro se lesionou e deu vaga para Bode. Mas quem estava de bode era o próprio Mauaense, que levou o terceiro, aos 48. Após bola alçada na área, Washington cabeceou, o goleiro deu rebote e o próprio atacante marcou.

A etapa final iniciou no mesmo ritmo e o Cachorrão ampliou em contra-ataque que terminou com Daniel, que, sozinho, chutou no canto direito de Bode, logo aos quatro minutos - 4 a 0 para os mandantes.

Foi então que o São Bernardo se acomodou e o Mauaense aproveitou. Aos 17, depois de bobeada da zaga, o artilheiro Anderson Gindre, oportunista, diminuiu.

Mas foi só, porque a noite era do ressuscitado Cachorrão, que fechou com chave de ouro. Luizinho fez fila nos adversários e marcou belo gol, aos 44, encerrando a festa.

Aliviado, vencedor comemora fim de sequência negativa

Alívio. Esse foi o sentimento no vestiário no Esporte Clube São Bernardo depois da goleada sobre o Grêmio Mauaense. A equipe havia perdido os dois primeiros jogos na Segunda Divisão e parecia que estava difícil de engrenar.

Para o técnico Júlio César Passarelli, o time já estava merecendo vencer na competição. "Merecíamos essa vitória. Deveríamos ter um resultado positivo logo contra a Portuguesa Santista (perdeu por 2 a 0, em Santos), mas meu time estava muito ansioso, assim como na estreia (derrota por 2 a 1 para o Água Santa, em casa). O adversário era muito complicado", destacou o treinador.

Segundo o comandante, o resultado positivo vai dar mais tranquilidade para os próximos jogos. "O resultado dá credibilidade para continuarmos firmes", frisou.

Já o atacante Daniel, autor do quarto gol de ontem, enalteceu a força do grupo. "Todos tiveram muita dedicação. Fizemos nosso máximo durante os 90 minutos", frisou o jogador.

Apesar da vitória, o São Bernardo terá um compromisso mais complicado na próxima rodada. O time encara o CA Diadema, líder do Grupo 8, no Estádio Inamar, no dia 18 (sábado).

"Será duelo muito difícil, mas vamos continuar buscando a vitória. Temos que buscá-la sempre", disse Passarelli.

Nosso elenco é muito inferior, lamenta derrotado

Otécnico Jobel Mendes sabia que a estreia no comando do Grêmio Mauaense seria complicada, mas não esperava perder por 5 a 1 logo no primeiro jogo. O comandante voltou a afirmar se a diretoria quiser classificação, terá de buscar por reforços.

"Se tiver pensando em realizar um papel melhor, teremos de buscar reforços. Nossa equipe é muito inferior às outras", lamentou o treinador, que assumiu no lugar de Paulo Pedro.

Segundo Jobel, o grande problema do Mauaense foi utilizar jogadores do time sub-20 do ano passado. "Temos um grupo muito verde. Para piorar, os jogadores que estão acima dos 23 anos não estão ajudando como deveriam", reclamou.

Sobre o confronto de ontem, ele lamentou as falhas do Mauaense. "Sem tirar os méritos do São Bernardo, que está de parabéns pela vitória. Mas todos os gols que levamos foram de erros nossos. Erros de marcação, faltas bobas, tudo falha nossa. Nós nos complicamos", justificou o comandante.

Ele também ressaltou que teve pouco tempo de trabalho à frente do grupo. "Treinei o grupo apenas um dia e mudei o esquema tático (do 4-4-3 para o 4-4-2). Estou aqui porque sou amigo da diretoria, mas precisamos de mudanças", frisou.

A Locomotiva agora volta a campo no dia 18 (sábado) contra a Portuguesa Santista, no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;