Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Terminal empresta um livro a cada 3 minutos

Caio Arruda/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Camila Brunelli
Do Diário do Grande ABC

09/01/2011 | 07:30


Pouco mais de dois meses após a inauguração, a biblioteca Leitura no Ponto, do Terminal Sacomã, contabiliza 1.100 sócios - sendo cerca de 170 do Grande ABC.

"Muita gente ainda não conhece. Com certeza, até o fim de fevereiro devemos ter mais de 2.000 sócios", explicou a gerente Aline Terra. O espaço atende cerca de 200 pessoas por dia entre empréstimos e devoluções; em média, um livro é levado a cada três minutos.

O posto com maior número de sócios é também o mais antigo, o do metrô Paraíso, inaugurado há 6 anos: são 20 mil pessoas que emprestam cerca de 100 livros por dia.

Apesar de ter mais de dez vezes o número de associados da biblioteca do Sacomã, o número de empréstimos é praticamente o mesmo. "A movimentação no Sacomã tem sido bem maior que o esperado. É a primeira biblioteca que instalamos num terminal", explicou o coordenador das bibliotecas do IBL (Instituto Brasil Leitor) Gustavo Gouveia. A organização é responsável pela criação e gestão da Leitura no Ponto.

Aline atribuiu o sucesso ao fato do acesso ao posto ser livre. "Para chegar às outras bibliotecas é necessário comprar bilhete e passar a catraca, porque geralmente ficam dentro das estações. No Sacomã, o acesso é gratuito."

Ainda nesse mês, o projeto Leitura no Ponto atingirá a marca de um milhão de empréstimos no País. "Assim confirmamos a ideia que nós tínhamos de que o brasileiro gosta de ler", disse Gouveia.

O taxista aposentado Amílcar Barata, 78 anos, estava na biblioteca do Sacomã para tentar renovar o empréstimo do livro Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez. "Este é o terceiro que retiro aqui. Gosto muito", comentou.

Para se associar é só apresentar foto 3X4, RG, CPF e comprovante de residência do mês corrente - original e cópia de todos. O usuário pode ficar com o título por dez dias úteis e o empréstimo pode ser renovado. É bom lembrar que ter carteirinha de um posto não é o suficiente para retirar livros em outra estação. Para isso, é necessário novo cadastro.

A biblioteca do Terminal Sacomã funciona de segunda a sexta-feira, das 11h às 20h.

Autoajuda está entre os mais procurados

A biblioteca do Terminal Sacomã tem cerca de 2.000 títulos sobre os mais variados assuntos, mas os livros de autoajuda e romances espíritas ainda são os mais procurados - assim como os chamados best sellers, livros que são os mais vendidos ao redor do mundo.

O ranking dos livros mais procurados é diferente em cada posto. "Nosso ranking também é influenciado pelo cinema", explicou Gouveia. "Agora, com o lançamento de Comer, Rezar e Amar, o livro está sendo bem procurado."

Além desses, os clássicos O Código da Vinci e O Caçador de Pipas são disputados na maioria das bibliotecas de todo o País.

Os livros geralmente são fornecidos por um patrocinador."A biblioteca do Terminal Sacomã não tem patrocinador ainda, mas nós estamos procurando um para que a iniciativa consiga sobreviver",  finalizou o coordenador das bibliotecas do IBL.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;