Economia Titulo Referência andreense
Rede D’Or investirá R$ 560 mi na ampliação do Hospital Brasil

Pedra fundamental da obra será lançada hoje; nova torre terá 22 andares, com 360 leitos entre apartamentos de unidades de terapia intensiva

Nilton Valentim
15/05/2024 | 08:15
Compartilhar notícia
FOTO: Celso Luiz/DGABC


A Rede D’Or lança hoje a pedra fundamental das obras de ampliação do Hospital Brasil, em Santo André. São estimados investimentos de R$ 560 milhões para os próximos dois anos na construção de uma nova torre com 22 andares e um edifício garagem.

Este é o segundo grande investimento feito pela empresa no Grande ABC em nove meses. Em agosto de 2023 foi iniciada a construção do Hospital São Luiz de São Bernardo, com aporte de R$ 300 milhões.

A nova torre vai adicionar 360 leitos (entre apartamentos e unidades de terapia intensiva) ao Hospital Brasil, que foi fundado em 1970 e é uma dos mais importantes equipamentos de saúde da região. 

Quando o projeto estiver concluído, o Hospital Brasil contará também com um centro cirúrgico com 18 salas para procedimentos de alta complexidade, o que significará dobrar a capacidade atual.

A oncologia D’Or terá um novo e moderno espaço para tratamento do câncer noGrande ABC. Um andar inteiro para consultas, com médicos especialistas, e quartos individuais para quimioterapia. Além disso, os pacientes contarão com serviços diagnósticos e terapêuticos que estão na vanguarda da inovação, como radioterapia, PET/CT e medicina nuclear (SPECT/CT).

Entre as melhorias, a maternidade terá um acesso exclusivo, salas de parto humanizado e um novo centro obstétrico. Além do mais, a Rede D’Or implementará um conceito obstétrico novo (Life Lounge) com oito salas de partos eletivos, com o objetivo de levar às famílias a possibilidade de acompanhar o nascimento de maneira mais intimista, com todos acompanhando em uma sala VIP. 

Haverá ainda uma total remodelação do pronto atendimento adulto e pediátrico, trazendo para Santo André um novo conceito no atendimento de urgências e emergências, tais como poltronas com TV individualizada, boxes para observação e fluxos otimizados.

O CEO de Hospitais da Rede D’Or, Rodrigo Gavina, destacou a importância do equipamento. “Esse novo investimento reforça o compromisso da Rede D’Or em elevar os padrões de cuidados em saúde e inovação, permitindo que médicos e profissionais de saúde possam desenvolver uma medicina de excelência em Santo André e no Grande ABC”, afirmou.

SÃO LUIZ

O Hospital São Luiz de São Bernardo tem previsão de ser inaugurado no ano que vem. Serão 380 leitos, que funcionarão em torre anexa no atual Hospital Assunção, na Avenida João Firmino, 250, no bairro Assunção. 

O local terá capacidade para realizar anualmente 300 mil atendimentos de urgência e emergência, 30 mil internações, 20 mil cirurgias e 500 mil exames de diagnóstico por imagens e análises clínicas. Além disso, a unidade passará a contar com 380 leitos, 235 a mais do que os 145 já disponíveis no Hospital Assunção. A unidade vai disponibilizar ainda um completo centro de diagnósticos para pacientes ambulatoriais, Centro de Diálise e um Centro de Oncologia.

Atualmente, a Rede D’Or conta com sete unidades hospitalares no Grande ABC, sendo duas em Santo André (Brasil e Bartira), duas em São Bernardo (IFOR e o próprio Assunção), uma em São Caetano (São Luiz), uma em Mauá (Brasil Mauá) e uma em Ribeirão Pires, que leva o nome da cidade. No Brasil, são 73 espaços em 13 Estados e Distrito Federal. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;