Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Raposa desfila Carnaval dos deuses em Diadema


Renata Gonçalez
Do Diário do Grande ABC

03/02/2005 | 13:29


O dia-a-dia de um bairro da periferia de Diadema transportado para a mitologia grega é o tema da Raposa do Campanário, terceira escola de samba a pisar na avenida Ulysses Guimarães neste domingo (horário previsto para as 23h45). A escola tenta título inédito no grupo especial. “O Carnaval é sempre uma caixinha de surpresas. Mas posso dizer que estamos vindo com tudo para a disputa”, anuncia o presidente da agremiação, Carlos Lima, o experiente Carlinhos. Paulistano da gema e folião nato, há 25 anos ele é destaque da Vai-Vai (escola do grupo especial da capital), mas acabou como simpatizante da Raposa.

Embora esta seja a segunda vez que a escola desfila no grupo especial de Diadema, a Raposa quer emplacar na avenida ao apresentar as alegorias deste ano. É que 2005 marca o jubileu de prata pelos 25 anos de fundação da agremiação do Jardim Campanário. Até o ano retrasado, a escola integrava o grupo 2 do Carnaval diademense até sagrar-se campeã e alcançar o grupo especial. Em 2004, o tema abordado foi o lendário reino de Poseidon.

De acordo com Carlinhos, o desfile fará uma síntese da mitologia grega com a representação de deuses como o da guerra Ares, da beleza Afrodite e do amor Eros. O samba-enredo se intitula Deuses gregos no dia-a-dia da minha comunidade. As três divindades vão enfeitar cada um dos carros alegóricos que até quarta-feira eram finalizados pelos integrantes da Raposo do Campanário. “Os carros vão mesclar a história dos deuses relacionada com problemas da comunidade”, conta.

Ares, o deus da guerra, abrirá o desfile como tema do abre alas. A atribuição da divindade é comparada à luta diária do povo do Campanário por trabalho e moradia. O carro com as alegorias de Afrodite, a deusa da beleza, representará os jardins do município. Um anjo alado é o destaque do carro de Eros, o deus do amor, cuja simbologia é equiparada ao sentimento de fraternidade do povo de Diadema. “Estudo, trabalho, lazer e o não à violência serão narrados por nossa escola para celebrar os 25 anos da Raposa”, completa o presidente.

Simbologia – Atualmente com 300 componentes, a Raposa do Campanário foi fundada em 12 de setembro de 1979. Carlinhos conta que a escolha do animal para simbolizar a agremiação se deve à astúcia peculiar da raposa. Já o vermelho, branco e verde da escola, embora pareçam remeter às cores da bandeira italiana, simbolizam outras qualidades da comunidade do bairro. A garra é simbolizada pelo vermelho, o branco a busca incessante pela paz e o verde, a esperança de grandes conquistas. Questionado sobre as novidades para 2005, Carlinhos responde, enigmático: “As novidades ficam para a avenida”.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;