Contexto Paulista Titulo Contexto Paulista
Com bom desempenho do setor sucroenergético, SP registra recorde na balança comercial em 2023
Por Associação Paulista de Portais e Jornais
28/01/2024 | 00:00
Compartilhar notícia


O saldo da balança comercial do agro paulista registrou superávit de US$ 23,34 bilhões em 2023, valor recorde da série histórica, sendo 11,8% superior na comparação com o ano de 2022, de acordo com os dados consolidados pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado. As exportações atingiram o recorde de US$ 28,39 bilhões, um aumento de 9,3% em relação a 2022, e as importações tiveram queda de 1% no período, registrando US$5,05 bilhões. A participação das exportações do agronegócio paulista no estado em 2023 foi de 40% e das importações setoriais de 7,0%. As exportações totais de São Paulo somaram US$ 71,03 bilhões (20,9% do total nacional), e as importações, US$ 71,78 bilhões (29,8% do total do país). Em relação ao mesmo período de 2022, houve aumento nas exportações de 2% e queda de 12% nas importações.

Açúcar e etanol

Fontes do setor indicam que o recorde está associado especialmente ao desempenho do segmento sucroenergético. O açúcar e o etanol, derivados da cana, puxam os embarques mensais, representando 40% das exportações do Estado de São Paulo.  

Exportação por grupo de produtos

Os cinco principais produtos exportados em 2023, e que representaram 79,3% das vendas foram: complexo sucroalcooleiro (US$ 10,76 bilhões, sendo que desse total o açúcar representou 88,2% e o álcool etílico – etanol, 11,8%); complexo soja (US$ 3,64 bilhões, tendo a soja em grão 82,7% de participação no grupo); setor de carnes (US$ 3,15 bilhões, em que a carne bovina respondeu por 82,6%); produtos florestais (US$ 2,70 bilhões, com participações de 51,1% de celulose e 41,1% de papel) e o grupo de sucos (US$ 2,27 bilhões, dos quais 97,7% referentes a suco de laranja). O grupo de café, tradicional nas vendas externas paulistas, aparece na oitava posição, com vendas de US$ 896,95 milhões (69,0% referentes ao café verde e 24,4% de café solúvel).

Quem compra de SP

A China é o principal destino das exportações do estado com US$ 7,26 bilhões e detém 25,6% de participação no total do agro paulista. Na segunda posição aparece a União Europeia (US$ 3,83 bilhões, 11,9% de participação em 2023, seguido pelos Estados Unidos (US$ 2,81 bilhões, participação de 9,9% e incremento de 9,41% em valores). Completando os 10 principais destinos, em participação, aparecem Índia (3,5%), Indonésia (2,7%), Arábia Saudita (2,4%), Nigéria (2,3%), Argélia (2,2%), Coreia do Sul (2,1%) e Marrocos (2,0%), que representam 65% do total.

O que os maiores compradores procuram

A China importou principalmente produtos do complexo soja (33,4%), carnes (22,3%), setor sucroalcooleiro (18,6%) e produtos florestais (13,5%). A União Europeia predomina o grupo de sucos (33,8%, basicamente de laranja), seguidos do sucroalcooleiro (13,9%) e café (10,8%), enquanto os Estados Unidos (28,4%) são do grupo de sucos, sucroalcooleiro (14,2%), carnes (13,3%), produtos florestais (8,9%) e café (4,5%).

O que SP importa

Em 2023, os principais produtos de importação do agronegócio paulista foram: papel (US$ 394,16 milhões), salmão (US$ 380,16 milhões) e trigo (US$ 300,08 milhões). Esses itens representam 21% do total importado (US$ 5,05 bilhões).

Frase

Nosso objetivo é tornar o Estado de São Paulo referência no uso de energias renováveis e indústria verde. Uma revolução silenciosa está ocorrendo nos campos rurais paulistas, o chamado ‘pré-sal caipira’, anima-se o secretário da Agricultura e Abastecimento de SP, Guilherme Piai.

Governo estimula turismo

O governo estadual anunciou a assinatura de 211 novos convênios com municípios turísticos para obras de infraestrutura. Os investimentos somam R$ 335 milhões e vão beneficiar 182 cidades em diversas regiões administrativas de São Paulo. No total, 118 Municípios de Interesse Turístico (MITs) e 64 Estâncias Turísticas foram contemplados. 

Curtas

Sorocaba, Bragança Paulista, Valinhos, Campinas, Piracicaba e Limeira são os próximos alvos de expansão da rede Divino Fogão, referência de buffet em shopping center e culinária da fazenda.

Estudo de demanda turística realizado pela Strong Business School mostra que Santo André recebe 550 mil visitantes por ano, a maioria deles (250 mil) tendo como principal destino a Vila Ferroviária de Paranapiacaba. (Diário do Grande ABC)

A ArcelorMittal Gonvarri Brasil anunciou investimentos de R$ 100 milhões na ampliação de sua planta localizada em Hortolândia.

A 39ª Festa da Uva e a 10ª Expo Vinho, em Jundiaí, neste mês de janeiro, devem movimentar pelo menos R$ 60 milhões na economia da cidade. 

O Procon lançou guia de distâncias e custos de viagens entre as cidades turísticas de SP. Acesse https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2024/01/projeto-verao-2024-tabela-comparativa-de-distancias-e-custos.pdf




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;