Esportes Titulo
Rayssa Leal faz disputa acirrada com japonesa e é vice-campeã do Mundial de Street
Por
17/12/2023 | 09:20
Compartilhar notícia


Rayssa Leal conquistou a medalha de prata no Mundial de Skate Street e fechou o ano com mais uma grande atuação. A brasileira, que chegou a sentir o gostinho da vitória na madrugada deste domingo, no Ariake Coliseum, em Tóquio, no Japão, somou 261,90 pontos, contra Yumeka Oda, que ficou em primeiro lugar com 265,75.

A medalha de prata é o quarto pódio de Rayssa em Mundial, com organização da World Skate. A brasileira foi bronze em Roma (2021), prata em São Paulo (2019) e ouro na edição passada, em Sharjah, nos Emirados Árabes.

Além da prata de Rayssa e o ouro de Oda, o pódio foi completado pela japonesa Momiji Nishiya, com 243,76. Apesar de liderar todas as fases anteriores, a australiana Chloe Covell terminou em quarto, com 245,11. A maranhense era a única brasileira na decisão, já que Pâmela Rosa acabou eliminada na semifinal.

Rayssa e Oda disputaram o primeiro lugar do início ao fim. A brasileira começou tirando 84,15 na volta, mas acabou sendo superada por pouco pela japonesa, que fez uma apresentação de 84,22.

Nas manobras, Rayssa chegou a liderar com duas notas altas: 86.84 e 90.91, mas Oda acertou um feeble flip que a colocou na liderança ao tirar 94,89. A brasileira ainda buscou reverter a situação na última tentativa, mas não conseguiu completar a manobra, terminando assim em segundo lugar.

Com isso, a brasileira fecha o ano em alta. Antes da prata em Tóquio, Rayssa foi campeã do Super Crown, organizado pela Street League Skateboarding (SLS).

MASCULINO

Sem representante brasileiro na final, o pódio teve predomínio do Japão. Shirai Sora venceu com 276,81, seguido por Netsuke Kairi, com 273,60. Horigome Yuro terminou com o bronze, com 273,28. Melhor na fase semifinal, o americano Nyjah Huston foi apenas o sétimo, com 251,38.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;