Economia Titulo
Bolsas de NY fecham em queda, com pressão de Treasuries e ajuste após ganhos recentes
Por
04/12/2023 | 18:14
Compartilhar notícia


As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta segunda-feira, 4, em possível realização de lucros após altas recentes, pressionadas pelo avanço dos retornos dos Treasuries e em reajuste com perspectivas sobre o primeiro corte de juros do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

O índice Dow Jones caiu 0,11%, aos 36.204,44 pontos, o S&P 500 perdeu 0,54%, aos 4.569,78 pontos e o Nasdaq fechou em baixa de 0,84%, aos 14.185,49 pontos.

Depois do alívio na última sexta-feira, os juros dos Treasuries voltaram a subir no começo desta semana, em um movimento que impôs pressão particular sobre os papéis de empresas intensivas em tecnologia.

O City Index destaca que o movimento cautelosos das ações ocorre após os fortes ganhos ao longo de novembro. Segundo a análise, o mercado "ignorou" os comentários do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, de que seria prematura especular agora sobre o relaxamento da política monetária. "No entanto, Powell disse que as taxas de juro eram suficientemente restritivas, sugerindo que as taxas máximas foram atingidas, alimentando expectativas de que o próximo movimento do BC será um corte nas taxas"", comentou o Citi Index.

Entretanto, o principal assessor econômico da Allianz, Mohamed El-Erian, destaca que o Fed deverá adotar uma postura mais cautelosa que a especulada pelo mercado."A não ser que você acredite que os EUA entrarão em recessão, e se você acredita que haverá recessão, as ações não deveriam estar onde estão. Acho que o Fed será muito cauteloso", afirmou, em entrevista à CNBC.

O City Index ainda destaca que agora o foco se volta para o relatório de empregos (payroll), que será divulgado na próxima sexta-feira, considerando o início do período de silêncio entre os dirigentes da autoridade monetária americana.

Entre ações em destaque, estão empresas ligadas a criptomoedas, que foram na esteira da força do bitcoin. A Coinbase saltou 5,48%, enquanto os papéis da mineradoras de criptomoedas Riot Platforms e Marathon Digital subiram 8,93% e 8,47%, respectivamente. Ainda, os papéis da Uber subiram 2,28% após a S&P Global anunciar que a empresa ingressaria no índice S&P 500 ainda este mês. Já o Spotify subiu 7,46%, após anunciar plano de cortar de 17% do seu pessoal.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;