Política Titulo Fundação do ABC
Luiz Mario é reconduzido à presidência da FUABC

Procurador-geral do Município de São Bernardo continua à frente da entidade, com Osmar Mendonça como vice

Por Da Redação
01/12/2023 | 15:32
Compartilhar notícia
Divulgação


O Conselho de Curadores da Fundação do ABC elegeu na quinta-feira (30), em reunião extraordinária, a presidência da entidade para o biênio 2024-2025. A nova diretoria da FUABC foi eleita por unanimidade. Atual presidente, Luiz Mário Pereira de Souza Gomes foi reconduzido e seguirá à frente da instituição, assim como o atual vice-presidente, o também advogado Osmar Santos de Mendonça. A indicação do presidente foi formalizada pelos prefeitos dos três municípios Instituidores da FUABC: São Bernardo, São Caetano e Santo André – este último, também responsável pela indicação do vice-presidente.

Advogado e procurador-geral do município de São Bernardo, Luiz Mário foi presidente da FUABC nos mandatos 2018-2019 e 2022-2023, e esteve como vice na gestão 2020-2021. “Fico lisonjeado em permanecer. Tem sido um esforço muito grande e pela primeira vez iniciarei um mandato como presidente, pois nas duas outras ocasiões eu vim para completar a gestão dos dirigentes anteriores. O ‘desafio Fundação’ foi uma mudança muito grande na minha vida e trouxe um valor também muito importante diante das adversidades, mas também dos avanços que temos alcançado. Agradeço imensamente a confiança do Conselho Curador”, declarou Luiz Mário.

Vice-presidente eleito, Osmar Mendonça acrescentou: “É uma alegria nós termos os três municípios instituidores com uma identidade na direção da FUABC. Essa unidade é muito positiva para todos. Para toda a nossa região e para todas as cidades onde a Fundação presta serviços. Essa harmonia só nos ajuda a trazer os resultados que a população espera e essa é a nossa finalidade, atender com excelência a população. Também agradeço a forma da eleição pelo Conselho Curador, que também demonstra a sintonia entre nós. Isso nos prepara e nos dá força para enfrentar os desafios que temos e os que se apresentarão”.

Curador da Fundação do ABC, Ari Bolonhezi considerou importante “a manutenção de uma linha de pensamento, um trabalho continuado com a mesma equipe, ainda mais nessa época em que temos muitas situações para resolver”.

O também curador, Dr. Vanderley da Silva Paula, ratificou: “Parabenizo a Presidência pela recondução e ressalto a importância dessa linha de comando continuada. Manifesto minha satisfação pela proximidade da atual Presidência com a Reitoria do Centro Universitário FMABC. É fundamental esse aspecto, pois a razão desta Fundação é a FMABC. Essa parceria é essencial. As duas instituições crescem justamente nesses momentos em que há concordância, harmonia e trabalho conjunto”.

Caracterizada como pessoa jurídica de direito privado, qualificada como Organização Social de Saúde e entidade filantrópica de assistência social, saúde e educação, a FUABC está presente em unidades de saúde instaladas em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Mauá, Diadema, Itatiba, Itapevi, Ferraz de Vasconcelos, Sorocaba, Carapicuíba, São Paulo (Capital) e Mogi das Cruzes, além de Praia Grande, Santos e Guarujá.

Declarada instituição de Utilidade Pública nos âmbitos federal e estadual e na cidade-sede de Santo André, a Fundação do ABC foi criada em 1967 pelas cidades de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, com objetivo de implantar uma faculdade de medicina na região do ABC Paulista. Deu certo! Em 1969, surgia a Faculdade de Medicina do ABC – hoje Centro Universitário FMABC, uma referência nacional em ensino, pesquisa, extensão e assistência.

Ao longo dos anos, a FUABC foi se consolidando cada vez mais como parceira estratégica de municípios e do Governo do Estado de São Paulo para a gestão de equipamentos públicos de saúde, primando pela qualidade no atendimento, alta resolutividade e humanização. Com receita anual de mais de R$ 3 bilhões, a entidade realiza mais de 11 milhões de consultas e atendimentos por ano, além de 133,6 mil cirurgias, 87 mil internações e 18,9 milhões de exames e procedimentos.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;