Economia Titulo Acordo
PDV da GM inclui carro e tempo de plano de saúde

Trabalhadores de com mais de sete anos poderão receber um Onix LS se aceitarem a proposta para deixar a empresa

Por Nilton Valentim
30/11/2023 | 12:33
Compartilhar notícia


A GM (General Motors) e Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano chegaram a um acordo para definição do PDV (Plano de Demissão Voluntária). A proposta será submetida aos trabalhadores (para aprovação ou rejeição) em assembleia na sexta-feira. Quem tem sete anos ou mais de casa poderá optar por um Onix Hatch LS ou R$ 85 mil em dinheiro. Os que estão a menos tempo na montadora (1 a 6 anos) terão adicional de R$ 15 mil.

O plano de saúde também entrou na negociação. Os funcionários com mais de sete anos terão direito a seis meses ou R$ 12 mil. Aqueles que têm de 1 a 6 anos poderão optar por três meses de convênio ou R$ 6.000.

O período de adesão vai de 5 a 12 de dezembro, sendo que nos três primeiros dias ficará aberto à adesão para quem está de licença remunerada. A partir do dia 8, será a vez dos demais funcionários.

Segundo o sindicato, cada adesão de um funcionário da ativa resultará no retorno à fábrica de outro que esteja afastado (em licença remunerada).

Foi negociada também a garantia de emprego até 3 de maio de 2024. Para ter esse direito, os trabalhadores deverão compensar cinco dos 16 dias de greve por causa da demissão de trabalhadores no fim de outubro. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;