Memória Titulo Memória
O drama do IHGSP. Pró-Memória São Caetano, e aí? O ovo que vem de São Vicente. Thaís Matarazzo. Eterna
Ademir Medici
17/03/2023 | 11:52
Compartilhar notícia


Memória começa pela parte mais difícil: o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo passa por dificuldades imensas e a Fundação Pró-Memória de São Caetano silencia.

O IHGSP tem uma história secular inaugurada em 1º de novembro de 1894. Fica no coração paulistano, na Rua Benjamin Constant, 158, entre a Praça da Sé e a Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Um prédio próprio, lindo, rico acervo, documentos únicos. Porém...
Em carta aberta divulgada na semana passada, o presidente do IHGSP, professor Jorge Pimentel Cintra, informa:
¦ Entraremos no vermelho nos começos de abril. A razão desse negativo é que dois de nossos inquilinos não renovaram o contrato, resultando em uma perda de caixa mensal de cerca de 14 mil reais.
¦ Já faz tempo (mais de uma década) que estamos tentando reverter essa situação, cortando despesas, realizando cursos e eventos, procurando novos inquilinos, pedindo adiantamento de anuidades aos associados, buscando recursos especiais para consertos e pedindo colaborações extras.
¦ Entramos com projetos na lei Rouanet e ProAC (Programa de Ação Cultural do governo do Estado). Visitamos alguns vereadores e deputados. E diversas outras ações.
¦ Subsistimos ao longo dos últimos três anos devido à generosidade de muitos de nossos associados e chegamos a receber cerca de R$ 200.000, em função da contribuição de uns poucos.
¦ Mas agora chegamos a um momento difícil em função da perda de receitas.
¦ Agradeço as contribuições que sejam possíveis e as sugestões concretas, incluindo a indicação de contatos e amigos benfeitores que possam nos ajudar.

NOTA – “Memória” avaliza o que disse o professor Cintra, um idealista. As revistas editadas pelo IHGSP ao longo desses quase 130 anos de história são brilhantes. Contam a história de São Paulo e do Brasil, com muita coisa sobre o Grande ABC.
Um exemplo é o documento para a história da viação férrea, com a inauguração do primeiro plano inclinado da Serra de Santos em 1864, vencendo a muralha da Serra do Mar em direção ao Grande ABC, autoria de Garcia Redondo.
No IHGSP “Memória” localizou exemplar do número 1 de “O Monitor”, o primeiro jornal do qual se tem notícia redigido, editado e rodado na região, em 1904.
São tantos os exemplos, que o IHGSP voltará a ser destaque permanente aqui em Memória.
Empresariado do Grande ABC, vamos colaborar com o centenário Instituto?

E A MEMÓRIA DE SÃO CAETANO?
“Memória” recebeu uma mensagem anônima falando sobre as dificuldades enfrentadas pela Fundação Pró-Memória de São Caetano, a única do gênero no Grande ABC, silenciosa, de uns tempos para cá. Diz a mensagem:
¦ A Fundação Pró-Memória de São Caetano hoje se acha completamente abandonada pela administração municipal.
¦ Seu quadro técnico está todo desfalcado desde a exoneração dos comissionados com o retorno do prefeito Auricchio à Prefeitura, em dezembro de 2021.
¦ Não há concursados que ocupem essas funções, e o último concurso para a Fundação aconteceu há muitos anos, sem preencher essas importantes funções.
¦ A instituição sobrevive desde dezembro de 2021 sem praticamente nenhum funcionário técnico.
¦ As visitas de escolares e pesquisadores não são mais realizadas.
¦ Os espaços expositivos - Forno da Cerâmica, o espaço no Parque Chico Mendes e o Museu Municipal, hoje sem supervisão - estão esquecidos e sem perspectiva de novas exposições temporárias.
¦ E o carro-chefe da instituição - a revista Raízes - vem sofrendo do mesmo descaso. Algo que nunca ocorreu com essa revista, que era habitualmente publicada nos meses de julho e dezembro.

NOTA – É verdade. “Raízes” de julho de 2022 saiu em outubro. Esperamos a de dezembro. Com a palavra a direção da Fundação Pró-Memória de São Caetano.

ESTA REVISTA NÃO ATRASA
O ponto positivo de hoje é a revista “Cabeça Ativa”, destacada pelo IWA (Instituto Waldir Azevedo, espaço da memória e história, no Rio de Janeiro) como a melhor revista de poesia temática do Brasil.
A publicação, referente ao trimestre fevereiro, março e abril de 2023, traz como tema o ovo.
“Memória” escolhe uma quadrinha, de Irineu Volpato, poeta do Grande ABC: “Não é sagaz quem carrega em picuá os ovos todos que colheu naquele dia”.
E publica uma criação do célebre Barão de Itararé: “Sempre fiz tudo às claras, sem esquecer as gemas nem desprezar as cascas”.
E a notícia de Cris Dakinis: “Depois dos chocantes escândalos da carne e do frango, o ovo inflacionou tanto, que nem as galinhas chocaram mais”.
Na capa da primeira “Cabeça Ativa” deste ano, mais uma criação de Neli Vieira, artista plástica e pesquisadora do Grande ABC, sempre genial.
São editores: Cláudia Brino & Vieira Vivo.
Contatos: livroscostelasfelinas@gmail.com; (23) 9-9123-2092; caixa postal 156 – Centro – São Vicente, SP - CEP 11.310.971.
Próximo tema: Garça.

E QUE SAUDADES...
...da querida Thaís Matarazzo, cujos livros rechearam esta página Memória nos últimos tantos anos...

Crédito da foto 1 – Criação: Neli Vieira.

NÚMERO 60. Pouco entende de cozinha a minha prima Renata: ontem quis abrir um ovo usando abridor de lata (Claudio Feldman, de Santo André)

NAS ONDAS DO RÁDIO
Grande ABC e Você
¦ Na minha infância havia campinhos de futebol, casas com hortas e jardins, jogos de malha e espaço para empinar pipa. Hoje tem televisão, tablet, computador e celular.
  Produção e apresentação: José Carlos Pereira, que fez história na Publicidade do Diário. Consultora musical: Marilza Cunha Pereira. Amanhã, sábado, 7h.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Quarta-feira, 17 de março de 1993 – ano 34, edição 8336

MANCHETE – Focos de dengue chegam à região.

HOJE
¦ Dia Nacional do Mel

MUNICÍPIOS BRASILEIROS
¦ No Estado de São Paulo, hoje é o aniversário de Indiana.
¦ Uma capital aniversaria: Aracaju.
¦ E mais: Equador (RN), Guaiúba (CE) e Rio das Flores (RJ). 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;