Fechar
Publicidade

Domingo, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC tem 47,4% da iluminação pública de LED

Helber Aggio/PMSA Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo estudo da UFABC, troca de tecnologia já gera R$ 16,5 milhões de economia na região


Joyce Cunha

22/06/2022 | 09:02


As sete cidades do Grande ABC iniciaram nos últimos anos processo de substituição das lâmpadas de sódio por luz de LED na rede de iluminação pública, em vias, praças, entre outras áreas. Dos 191.523 pontos espalhados na região, 90.815 lâmpadas, ou seja, 47,4%, já contam com o uso da nova tecnologia que, segundo especialistas, geram economia aos cofres públicos e aumentam a segurança. A modernização da rede representa a os municípios economia de R$ 16,5 milhões por ano.

Os dados se baseiam em pesquisa conduzida pelo professor e pesquisador da UFABC (Universidade Federal do ABC), Ricardo da Silva Benedito, doutor em Energia pela USP (Universidade de São Paulo). De acordo com o estudo, cada luminária de LED gera, anualmente, economia de R$ 182. "Isso sem considerar a economia com manutenção. Esse cálculo diz respeito somente à economia de energia elétrica", explica o especialista da UFABC.

Santo André é a cidade com a maior rede de iluminação pública da região, com 53 mil pontos. Do total, 38,2% já possuem lâmpadas de LED, ou seja, 20.278 unidades. Na sequência, São Bernardo conta com 51.800 pontos de iluminação, sendo 20.500 de LED, 39,5% da rede. Em ambos os municípios, a meta é atingir 100% de substituição da antiga pela nova tecnologia até 2024. São Caetano é a única cidade da região a substituir 100% da rede convencional por tecnologia de LED, que compreende 12 mil pontos de luz.

Em Diadema, 45,8% da iluminação pública já utiliza LED, o que representa 11 mil das 24 mil unidades. A Prefeitura de Mauá informou que 89,6% dos 27 mil pontos da cidade, total de 25.037, já utilizam a nova tecnologia. Rio Grande da Serra possui a menor rede de iluminação de vias e espaços públicos, com 5.000 lâmpadas, das quais 40%, ou 2.000, são de LED. Ribeirão Pires informou que possui 17.800 pontos de luz e que as substituições estão em fase inicial.

"Os ganhos do retrofit utilizando-se luminárias de LED são inúmeros. Do ponto de vista técnico, comparadas com as luminárias convencionais de vapor de sódio e de mercúrio, elas apresentam maior eficiência energética, maior fidelidade de cores, maior vida útil e menor manutenção. Do ponto de vista ambiental, são mais sustentáveis por empregar menos energia na sua fabricação e por não utilizarem materiais pesados", analisa Benedito.

INVESTIMENTOS

Para modernizar a rede de iluminação pública, as prefeituras de Santo André, São Bernardo e São Caetano informaram que já foram destinados R$ 114,3 milhões para ações realizadas a partir de 2014 em Santo André e desde 2020 nas duas últimas cidades. Diadema esclareceu que está prevista para o segundo semestre do ano licitação para a troca de lâmpadas tradicionais por luminárias de LED. Sem informar prazos para conclusão, a Prefeitura de Mauá afirma que, por meio de contrato de PPP (Parceria Público-Privada) com a Mauá Luz, o uso da tecnologia deve "em breve chegar a 100% de cobertura". O Paço ribeirão-pirense declarou que projeto de modernização da iluminação já foi iniciado e em breve mais informações serão disponibilizadas. Rio Grande da Serra informou que as substituições de lâmpadas são feitas pela Enel por meio de chamadas públicas e que aguarda o chamamento de 2022. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;