Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Meghan Markle ganha disputa judicial com tabloides britânicos



03/12/2021 | 07:40


Um tribunal de Londres rejeitou nesta quinta, 2, o recurso de um tabloide britânico condenado por "atentado contra a vida privada" de Meghan Markle, mulher do príncipe Harry. A publicação foi processada pela duquesa de Sussex após divulgar uma carta escrita por ela para seu pai. Ao anunciar o veredicto, o juiz determinou que o tabloide Mail on Sunday, pertencente ao grupo Associated Newspapers Limited (ANL), deve "respeitar" a privacidade de Meghan.

Ela celebrou a vitória e expressou esperança de que a decisão mude a indústria dos tabloides. "Esta é uma vitória para mim, mas também para qualquer pessoa que já teve medo de defender o que é justo", afirmou Meghan, em comunicado. "O mais importante é que agora somos, coletivamente, suficientemente corajosos para remodelar uma indústria que condiciona as pessoas a serem cruéis e lucra com as mentiras e a dor que cria."

Em dois pareceres, expedidos em fevereiro e maio, a Justiça britânica concluiu que os jornais violaram a privacidade de Meghan ao publicar trechos da carta que ela endereçou a seu pai, Thomas Markle, em agosto de 2018. Os juízes também concluíram que a carta foi escrita pela própria Meghan, e não por uma assistente, como alegava o tabloide - portanto, a duquesa é a parte lesada, já que é a dona do direito intelectual. Meghan, que vive nos EUA com Harry, e seus dois filhos, processou a ANL por uso indevido de informações privadas, violação de "direitos autorais" e violação da lei de proteção de dados. (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;