Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Tema de energia é global e pode ser mais persistente, diz presidente do BC



30/11/2021 | 11:31


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira que a inflação global dos preços de energia pode ser mais persistente do que se esperava. Além do choque de preços observado neste ano, ele lembrou que a transição verde terá custos altos, em especial na mudança da matriz energética, o que pode criar pressões inflacionárias.

"Tem um problema de preço nessa transição para uma economia mais limpa", disse ele, durante o Encontro Anual de Dirigentes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Segundo Campos Neto, um dos maiores dilemas é a produção de insumos como as chamadas terras raras, metais necessários para carros elétricos e usinas que produzem energia limpa e renovável.

"Tem esse dilema entre querer atingir economia verde mais rápido e produção não tão verde de componentes", disse ele. "A gente precisa entender que a transição verde será muito mais complexa do que se imaginava", afirmou.

Nova variante da covid-19

O presidente do Banco Central afirmou que a emergência da nova variante Ômicron do coronavírus mostra que o problema da pandemia deve ser abordado de um ponto de vista global. "Não é por acaso que a gente vê alguns lugares onde a penetração da vacina é mais baixa servindo de indutores de novas variantes", disse.

Na sua fala, ele avaliou que o Brasil tem ido bem no seu programa de imunização contra a covid-19, considerando que a rejeição aos imunizantes no País é baixa.

Campos Neto destacou também que o surgimento de antivirais aumenta o arsenal disponível para combater a pandemia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;