Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Caixa aprova 3 projetos em programa de apoio a reflorestamento de bacias



18/10/2021 | 15:02


A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira, 18, os três primeiros projetos habilitados pelo programa Caixa Florestas, que destinará parte do lucro do banco a iniciativas de revitalização de bacias hidrográficas do País. As três iniciativas, duas em Minas Gerais e uma no Tocantins, devem levar ao plantio de 600 mil árvores.

A ideia das iniciativas, de acordo com a Caixa, é de estimular o reflorestamento de diferentes bacias, mas também de gerar renda às comunidades locais. Os três primeiros projetos habilitados foram anunciados nesta segunda-feira, em cerimônia de assinatura de protocolo de intenções entre a Caixa e o Ministério do Desenvolvimento Regional, para viabilizar os projetos selecionados no âmbito do Águas Brasileiras, programa do governo federal que pretende ampliar a quantidade e a qualidade de água disponível para consumo e para o setor produtivo no País.

Estiveram presentes o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da pasta, Rogério Marinho, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Um dos projetos, o Nascentes Vivas, vai atuar na bacia do Rio Verde Grande, ao longo de 27 cidades de Minas Gerais. A iniciativa deve contar com o plantio de espécies frutíferas, lenhosas e restabelecer a cobertura vegetal. A previsão é que 741 mil pessoas devem ser beneficiadas.

Também em Minas, o projeto Sabará-Caeté deve atuar no apoio à ampliação da capacidade de coleta de sementes, de 300 quilos para duas toneladas ao ano, no viveiro Probiomas. Segundo o banco, a produção de mudas de espécies nativas também deve subir, de 10 mil para 60 mil ao ano.

Na frente de reflorestamento, a iniciativa pretende recompor 120 hectares de áreas degradadas da sub-bacia do ribeirão Sabará-Caeté. O número de beneficiários deve chegar a 150 mil.

Já no Tocantins, o banco vai financiar o projeto Rio Manuel Alves da Natividade, que vai elaborar diretrizes para a recuperação integral de áreas deterioradas da bacia de mesmo nome, no sudeste do Estado.

Os planos incluem a implantação de um sistema de tratamento de efluentes, ações de educação ambiental e de qualificação de professores da região. Estima-se que 63 mil pessoas serão beneficiadas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;