Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Bernardo FC tenta se impor e convencer na Copa Paulista

Celso Luiz/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Derrota no dérbi colocou time em xeque e sob críticas da torcida; hoje adversário é o Santos


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

28/09/2021 | 09:34


Maior investimento, com uma das melhores estruturas entre os 17 participantes da Copa Paulista e respaldado pelo recém-conquistado bicampeonato da Série A-2 (que o devolveu à elite estadual), o São Bernardo FC ainda está devendo na competição. Na estreia, fez o necessário para vencer o Primavera, fora de casa, por 2 a 1, enquanto no segundo compromisso, no dérbi com o EC São Bernardo, foi derrotado por 2 a 1. Hoje, às 15h, tem visita do Santos B, no Estádio 1º de Maio. E contra adversário que utiliza time sub-23, pode ser oportunidade perfeita para os comandados de Ricardo Catalá comprovarem a força do elenco.

De acordo com o atacante Erik Bessa, esses dias pós-revés para o Cachorrão foram de trabalho forte para correr atrás do prejuízo. “Preparação muito boa, semana que buscamos corrigir os erros do jogo passado, onde perdemos três pontos que não poderíamos. Jogo em casa, vamos procurar fazer o melhor para vencer”, declarou o jogador aurinegro.

Já na visão do meia Vitinho, o São Bernardo FC precisa se impor mais, para não passar pelos problemas vividos diante do rival. “Dói muito (perder um clássico), mas temos de recuperar os pontos perdidos já nesse próximo jogo. É campeonato de tiro curto nessa primeira fase e temos de nos recuperar. A gente precisa ser time mais experiente, malandro, para não cair nesse tipo de jogo (do EC São Bernardo) e fazer com que os outros times caiam no nosso”, sugeriu.

Sobre o adversário de hoje, Erik Bessa pediu atenção, independentemente de ser equipe sub-23. “Se falando de Santos, a gente espera equipe qualificada, que gosta de jogar com a bola no pé, então estamos preparados para o que vem do outro lado, mas também confiantes para fazer um grande jogo”, ponderou o atacante.

O técnico Ricardo Catalá pode promover alterações na equipe aurinegra para a partida de hoje, mas as possibilidades foram mantidas em sigilo. Se estiver recuperado, Giovanni Pavani tem chance de ser utilizado. O recém-chegado Gustavo Ramos, que entrou no segundo tempo do clássico da semana passada, é outro que surge como apto a ingressar desde o início da partida.

REDES SOCIAIS

Desde a derrota para o Cachorrão no dérbi batateiro, a torcida aurinegra reassumiu a posição de oposição ao técnico Ricardo Catalá, postura esta que teve durante grande parte da campanha da Série A-2 – antes de o time engrenar e alcançar promoção e título. “Se não ganhar terça (hoje), a conversa começa a ser diferente”, bradou um torcedor. “Muito salto alto e pouco futebol”, disse outro. “Falta vergonha na cara! Acho bom vencerem o próximo jogo! A batata de vocês está assando”, afirmou ainda um terceiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;