Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Escola estadual de São Bernardo será municipalizada até dezembro

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Colégio Pedra de Carvalho fica em imóvel que é da Prefeitura


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

22/09/2021 | 05:17


A Prefeitura de São Bernardo pretende transformar a EE (Escola Estadual) Pedra de Carvalho em unidade do município, já que o prédio onde funciona o colégio, na Rua Pedro Ayres, Jardim Vera Cruz, já pertence à administração.

O Diário apurou que a decisão trouxe apreensão aos pais, alunos, professores e funcionários que fazem parte da comunidade escolar. Para protestar contra a medida, integrantes da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) preparam manifestação em frente ao prédio da escola hoje, a partir das 13h.

O processo de municipalização da Pedra de Carvalho deverá acontecer até o fim do ano, quando os alunos da escola estadual deverão ser transferidos para colégios do Estado que ficam nas redondezas. As mais cotadas para receber os estudantes são EE Wilma Ancelmo, EE Maria Auxiliadora e EE Prestes Maia. Atualmente, o colégio mantém 622 alunos do ensino fundamental e 322 do médio.

Conforme o professor Aldo Santos, coordenador da Apeoesp em São Bernardo, a decisão de encerrar o atual modelo da escola Pedra de Carvalho, em seu molde estadual, não foi debatido com pais, alunos e professores. “Uma escola é mais do que um prédio, pois representa histórias de vida, memórias gratificantes que carregamos por toda nossa existência. Reiteramos às autoridades que respeitem os alunos, a comunidade, a gestão e os educadores”, declarou.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Bernardo confirmou que pediu o imóvel ao governo do Estado e que a intenção é a de transformar o colégio em escola do município. “A Prefeitura de São Bernardo informa, por meio da Secretaria da Educação, que não irá fechar a escola. A mesma está sendo transferida como escola do município, considerando que o prédio já pertencia à Prefeitura de São Bernardo. Acrescenta-se que o município tem trabalhado, ao longo dos últimos anos, para ofertar uma educação de qualidade.”

Por meio de porta-voz, o governo do Estado declarou que recebeu pedido do município e que decidiu, em conjunto, devolver o imóvel para São Bernardo. “Tínhamos projetos e cronogramas a serem seguidos, mas a atual diretora da escola informou aos professores de maneira equivocada (a mudança que vai ocorrer na escola)”, sustentou Vanderlete Chiuffa, dirigente de ensino de São Bernardo, cargo ligado ao Estado.

Além disso, Vanderlete sustentou que os alunos que tenham dificuldade em se locomover aos colégios em que serão remanejados, poderão utilizar transporte escolar. “Sobre os professores, eles têm cargo na rede estadual de ensino e quando acontece isso eles podem ser remanejados”, disse a dirigente estadual.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;