Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Confiança da Indústria sobe 0,8 ponto em julho, a 108,4 pontos, revela FGV



28/07/2021 | 08:48


O Índice de Confiança da Indústria (ICI) apresentou alta de 0,8 ponto em julho na comparação com junho, atingindo 108,4 pontos, informou nesta quarta-feira, 28, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre). Dessa forma, o indicador chega ao nível mais alto desde janeiro (111,3 pontos), na série com ajuste sazonal.

O avanço pelo terceiro mês consecutivo reflete uma acomodação, em patamar elevado das avaliações sobre o momento, explica em nota a economista Claudia Perdigão, do FGV/Ibre. O Índice de Situação Atual (ISA) subiu 0,5 ponto, para 111,8 pontos, influenciado pelo avanço de 7,7 pontos em nível de estoques, para 114,4 pontos, maior nível desde março. Os indicadores para demanda total e situação atual dos negócios, por sua vez, caíram 3,2 pontos, para 110,4 e 109,3 pontos, respectivamente.

"As empresas ainda enfrentam um cenário de escassez de insumo, possibilidade de racionamento energético e alta incerteza econômica, que tende a limitar uma alta mais expressiva da confiança nos próximos meses", acrescenta Claudia Perdigão. Houve desaceleração do otimismo da empresa para os próximos meses, com alta de 0,9 ponto no Índice de Expectativas (IE), para 104,9, após avanço de 5,0 pontos em junho. Tanto o IE quanto o ISA retornaram ao patamar de janeiro deste ano.

Dos indicadores que integram o IE, emprego previsto para os próximos três meses aumentou 1,4 ponto, a 108,3, maior valor desde janeiro (108,6). A tendência dos negócios para os próximos seis meses também avançou 1,4 ponto, a 105,4, nível mais elevado desde fevereiro (107,1). A produção prevista para os próximos três meses permaneceu relativamente estável ao passar de 100,9 para 100,6 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada subiu 0,7 ponto porcentual, para 80,1%, maior nível desde novembro de 2014 (80,3%). O levantamento contou com informações de 1.062 empresas entre os dias 1º e 26 deste mês. A próxima divulgação da Sondagem da Indústria ocorrerá em 27 de agosto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;