Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Serasa oferece negociações de dívidas por até R$ 100

Reprodução/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Feirão on-line visa diminuir número de inadimplentes; na região são 842 mil pessoas negativadas


Yara Ferraz

24/07/2021 | 07:07


A Serasa iniciou programa de renegociação de dívidas com possibilidade de quitação do débito por R$ 100. A entidade promete oferecer cerca de R$ 12 bilhões em descontos em mais de 14 milhões de dívidas. Para o consumidor, a redução pode chegar a 99%. Atualmente, o Grande ABC registra 842 mil pessoas com o nome negativado na Serasa, que mantém a campanha até o fim deste mês.

No total, 24 empresas participam da campanha, entre as quais, bancos e financeiras como Bradesco, Itaú e BMG, e redes de lojas como Casas Bahia, Renner e Riachuelo (veja mais na arte ao lado), que oferecem a possibilidade de pagar os débitos em atraso por até R$ 100. No ano passado, a ação possibilitou a quitação de mais de 6 milhões de dívidas. “Esse tipo de ação como a dos R$ 100, feita no ano passado, tem impacto no número de inadimplentes e possibilitou que milhões de pessoas saíssem dessa situação”, afirmou Nathalia Dirani, gerente da Serasa.

Atualmente, são 62,5 milhões de inadimplentes no Brasil e 842 mil na região. O período mais crítico de pessoas no vermelho ocorreu em abril do ano passado, mês posterior ao início da pandemia no País, quando o Brasil registrou 66 milhões de pessoas na lista da Serasa e a região, 911 mil.

“O pico de inadimplentes ocorreu em abril de 2020, porque muita gente perdeu renda e emprego. Ainda é um número crítico, e fazer de novo essa ação dos R$ 100 vai ajudar na diminuição. Muitas pessoas receberam o auxílio emergencial, e esse é valor que cabe no bolso e permite a saída da inadimplência e a volta ao crédito, que neste momento é negado”, disse Nathalia.

De acordo com a Serasa, o valor médio das dívidas por negativado é o maior dos últimos 12 meses, chegando a R$ 3.937,38, de acordo com o Mapa Inadimplência no Brasil.

Segundo a gerente, a primeira dica para quem está endividado é consultar o CPF gratuitamente, até porque, muitos não sabem da existência da dívida. “Em menos de três minutos a pessoa consegue negociar e gerar o boleto para o pagamento. Uma dica de orçamento pessoal é que o consumidor tem optado cada vez mais pelo pagamento das contas básicas, mas, mesmo com essa priorização, é recomendado listar todas as contas fixas e, quando sobrar algo, ir quitando estas dívidas. Além disso, orientamos para que o consumidor não empreste o seu nome”, explicou Nathalia.

COMO PARTICIPAR
Para verificar se há alguma dívida aberta, é necessário consultar o CPF de forma gratuita no site serasalimpanome.com.br, aplicativo Serasa disponível no Google Play e App Store, Whatsapp pelo (11) 98870-7025 ou ligação gratuita para o número 0800 591 1222.

Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor aparecerão na tela, incluindo as dívidas, e, ao clicar em uma delas, aparecem as condições oferecidas para quitação. Também é possível escolher se o pagamento será à vista ou em parcelas e a data de vencimento.

A plataforma da Serasa gera um ou mais boletos, dependendo da forma de pagamento escolhida. O boleto pode ser pago tanto no on-line quanto em agência bancária ou lotérica.

O prazo para a entrada na lista da Serasa varia. Após o vencimento da dívida, o credor pode solicitar a negativação, mas há um prazo mínimo para negociar a dívida antes da inclusão no cadastro de inadimplentes. O prazo é informado no comunicado de negativação. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;