Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Aditivo a plano de recuperação judicial da empreiteira UTC é aprovado



24/06/2021 | 20:45


O terceiro aditivo ao plano de recuperação judicial da empreiteira UTC foi aprovado por 95% dos credores da companhia, que foi uma das envolvidas em investigações no âmbito da Operação Lava Jato. Com dívidas de R$ 3,7 bilhões, a UTC agora deve voltar a tomar crédito e participar de licitações, de acordo com os administradores judiciais.

A alteração ao plano veio após uma longa negociação entre a UTC e os credores. A UTC pediu recuperação judicial em 2017 e desde então havia aprovado outros aditivos ao plano, mas não conseguiu cumprir o mais recente deles. Em dezembro de 2020, a administração judicial passou para a Pantalica Partners, que colocou a companhia em contato com investidores interessados em seus ativos.

A nova alteração à reorganização da companhia permite a venda dos ativos. Além disso, a empreiteira afirma que conseguirá pagar a todos os credores, de trabalhadores a pequenas e médias empresas. Os bancos credores receberam ativos em troca do pagamento dos débitos da companhia.

Os problemas financeiros da UTC começaram quando, em 2014, a companhia foi impedida de fechar novos negócios com a Petrobras por causa das apurações de desvios de recursos na Operação Lava Jato. Em 2017, a empreiteira fechou um acordo de leniência, que permitiu seu retorno às licitações. Ainda assim, teve de recorrer à recuperação judicial.

Além da Pantalica Partners, que presta a assessoria financeira, a UTC conta com o escritório Leite, Tosto & Barros Advogados como assessor jurídico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;