Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

BRT, solução de mobilidade ao Grande ABC


Do Diário do Grande ABC

17/05/2021 | 23:59


O Grande ABC cresceu exponencialmente desde o fim da década de 50, quando se transformou em polo de destaque nacional com a instalação de diversas montadoras da indústria automobilística. Hoje tem na mobilidade dos seus cidadãos um dos principais desafios da administração pública. Cerca de 2,8 milhões de pessoas vivem atualmente nos sete municípios do Grande ABC e, desse total, 1,7 milhão habitam em Santo André, São Bernardo e São Caetano, por onde vai circular o BRT-ABC, sistema de transporte rápido que conectará com ônibus, via corredor exclusivo, os três municípios à Capital.

Anunciado pelo governador João Doria no último dia 7 de maio, esse é projeto conquistado com muita determinação pelo secretário Alexandre Baldy, que teve garra e determinação para colocar de pé esse benefício para todo o Grande ABC. O projeto do novo modal é o primeiro no Estado a ser desenvolvido obedecendo totalmente ao conceito Bus Rapid Transit (BRT): corredor exclusivo, cobrança nas estações para evitar filas e reduzir o tempo de parada, embarque em plataformas ao nível do veículo e prioridade ao cruzar os semáforos.

A escolha do novo modal exigiu estudos, planejamento e análises técnicas em busca de alternativa de mobilidade que oferecesse qualidade, conforto, agilidade, investimento viável e tempo reduzido de implantação.

Serão 18 quilômetros de via expressa, com 20 paradas, três terminais e frota de 82 ônibus elétricos articulados, com ar-condicionado, silenciosos e não poluentes. O investimento privado de R$ 859 milhões será da empresa Metra, que já opera o Corredor ABD e também vai operar o novo empreendimento. Quando ficar pronto, em 2023, terá capacidade para transportar 115 mil pessoas por dia. A responsabilidade de acompanhar a implantação e o gerenciamento será da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

A integração com outros sistemas de transporte é aspecto fundamental do BRT-ABC. O sistema se conectará com CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), Metrô, Expresso Tiradentes, linhas da SPtrans e o Corredor ABD. Na Estação Tamanduateí o passageiro terá a opção de acessar a Linha 2-Verde do Metrô ou a Linha 10-Turquesa da CPTM, com a opção de seguir até a Estação Sacomã, integrando também ao Expresso Tiradentes.

A grandeza da região exige soluções de mobilidade condizentes com as dimensões da região. E o governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, entendeu este desafio. Ao lado do BRT, haverá outros investimentos como a Linha 20-Rosa do Metrô (que está em fase de elaboração de projetos) e a modernização da Linha 10-Turquesa da CPTM, que recebeu frota mais nova e passa por obras de melhorias para reduzir mais ainda o tempo de intervalo entre os trens. Serão opções que, nos próximos anos, trarão mais conforto e rapidez para os milhões de passageiros metropolitanos da região.

Marco Antônio Assalve é diretor-presidente da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) de São Paulo.


PALAVRA DO LEITOR

Diário, 63 anos – 1
Venho por meio desta parabenizar este Diário pelos seus 63 anos de lisura e imparcialidade na notícia. Continue assim!
Antônio Cesar Bispo
Mauá


Diário, 63 anos – 2
Cumprimento a todos que trabalharam e trabalham neste Diário. É de se louvar o esforço pelo qual a imprensa escrita está passando para se sustentar. Com o advento da internet e a migração de leitores para plataformas digitais, jornais e revistas têm passado por dificuldades. Como assíduo leitor, faço votos para que este matutino continue a nos informar.
Octavio David Filho
Ribeirão Pires


Diário, 63 anos – 3
Quero expressar o meu carinho e respeito pelo melhor jornal da região. Leio este Diário, que antes era chamado News Seller, que era distribuído de casa em casa graciosamente. Acordo cedinho dando graças a Deus por mais um dia de vida, e agradecendo também ao Diário por estar cedo em minha casa. Obrigado aos funcionários em geral e aos leitores do melhor jornal da região.
Isaías Urbano da Cunha
Santo André


Bruno Covas – 1
O Estado de São Paulo e o Brasil entristecem com a partida prematura do prefeito da Capital, Bruno Covas. O mérito, o legado de sua passagem pela administração pública e o exercício da sua liderança política nos mostram o erro cometido quando parte da população qualifica a atividade política como ‘nova’ ou ‘velha’ política. A vida exitosa de Bruno Covas nos indica o acerto de optarmos como proposta eleitoral principal pela boa política independentemente de pessoa, idade ou filosofia de origem.
Ruben J. Moreira
São Caetano


Bruno Covas – 2
Lamento – sobremaneira – saber que o atuante alcaide paulistano, Bruno Covas, partiu (Política, ontem), de maneira compelida, no ‘expresso da ‘eternidade’ após longo padecimento devido àquela doença – minha amada e saudosa mãe, a ‘batateira’ Matilde Pinheiro de Oliveira (1923-2008), temia tanto o câncer, que não ousava pronunciar o nome da enfermidade. À família enlutada e à legião de amigos, meus sentimentos. Lastimo também saber da partida da renomada, talentosa e carismática atriz Eva Wilma. No meu já distante tempo de petiz, apreciava assistir ao seriado televisivo Alô, Doçura (1953-1964), onde a inigualável atriz encantava os telespectadores com suas interpretações.
João Paulo de Oliveira
Diadema


Bruno Covas – 3
O Brasil perde grande político. A morte do prefeito Bruno Covas deixa enlutada enorme legião de pessoas apolíticas, como eu, que sabem reconhecer as virtudes de um político. Infelizmente o câncer impediu que seguisse a meta a ele traçada. Este precioso Diário trouxe excelente cobertura do lamentável acontecimento. Apenas estranhei por que o prefeito de Rio Grande da Serra não deu seu ponto de vista no trecho com o título ‘Políticos do Grande ABC lamentam partida’. Deixa a entender que o chefe do Executivo ausente não lamentou a morte do prefeito paulistano.
Arlindo Ligeirinho Ribeiro
Diadema


Investigue-se!
Secretário de Saúde de São Bernardo e integrante do comitê de contingência estadual de combate à Covid-19 etc, ao ser perguntado pela equipe deste nosso Diário sobre o fura-fila da vacinação na Fundação do ABC fingiu demência (Política, dia 14). Como pode ser dessa forma assunto gravíssimo, trapacear e o amiguinho do lado falecer, e de novo nada acontecer? Cadê a investigação, Geraldo Reple?
Robson Albuquerque da Costa
Santo André


Rua Paquequer
Dia 15 de fevereiro registrei na Prefeitura de Santo André a existência de afundamento no asfalto em frente à minha casa, na Rua Paquequer, bairro Santa Maria. Como até dia 15 de abril nada tinha sido feito para solução, entrei em contato no telefone 156. Expliquei o problema, ela conseguiu localizar o Protocolo (126.752) e verificou que nada tinha sido registrado sobre atendimento. Então, encaminhou aos responsáveis pedido sobre a pendência. E que eu aguardasse! Como estamos no dia 17 de maio (ontem) e o problema no asfalto não está solucionado, alerto aos responsáveis que corremos o risco de ter algum acidente, já que o afundamento no asfalto não é tão visível aos motoristas ou motociclistas!
João Antônio de Oliveira
Santo André 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;