Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Viúva de Ricardo Boechat reflete sobre a dor da perda: É possível voltar a sorrir?



15/04/2021 | 14:11


Veruska Boechat, viúva do jornalista Ricardo Boechat, que morreu em um acidente de helicóptero no ano de 2019, usou o Instagram para refletir sobre a dor da perda. Em uma publicação, ela escreveu:

É possível voltar a sorrir? Todos os dias recebo aos montes essa pergunta em forma de mensagem. Sim, é possível. Um dia a dor passa? Ainda não sei, mas já sei que a gente aprende a viver com ela. Tenho total noção do privilégio que é ter amado e sido amada. Olho em volta e vejo tanto desencontro... Pra quem não viveu perda semelhante a minha, sugiro que não desperdice a vida sendo infeliz ou na companhia de quem não ama. Onde não puderes amar, não te demores. Num momento de tantas perdas, é o que tenho pra dizer de mais precioso.

O post de Veruska recebeu uma série de comentários, como o de Ana Paula Padrão, que disse:

Quanta sabedoria...

A apresentadora Eliana também afirmou:

Lindo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Viúva de Ricardo Boechat reflete sobre a dor da perda: É possível voltar a sorrir?


15/04/2021 | 14:11


Veruska Boechat, viúva do jornalista Ricardo Boechat, que morreu em um acidente de helicóptero no ano de 2019, usou o Instagram para refletir sobre a dor da perda. Em uma publicação, ela escreveu:

É possível voltar a sorrir? Todos os dias recebo aos montes essa pergunta em forma de mensagem. Sim, é possível. Um dia a dor passa? Ainda não sei, mas já sei que a gente aprende a viver com ela. Tenho total noção do privilégio que é ter amado e sido amada. Olho em volta e vejo tanto desencontro... Pra quem não viveu perda semelhante a minha, sugiro que não desperdice a vida sendo infeliz ou na companhia de quem não ama. Onde não puderes amar, não te demores. Num momento de tantas perdas, é o que tenho pra dizer de mais precioso.

O post de Veruska recebeu uma série de comentários, como o de Ana Paula Padrão, que disse:

Quanta sabedoria...

A apresentadora Eliana também afirmou:

Lindo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;