Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fiat 500 pretende balançar segmento premium B


Sueli Osório
Enviada a Miami

27/08/2011 | 07:06


A Fiat apresentou nesta semana em Miami para a imprensa latino-americana o Fiat 500 2012, que começará a ser vendido no Brasil em setembro, vindo da fábrica da Chrysler em Toluca, no México. O modelo, que foi recentemente lançado nos Estados Unidos e Canada, terá novo posicionamento no mercado brasileiro, passando a fazer parte do segmento B premium, em que estão carros como o Citroen C3, por exemplo. Em 2010, foram vendidas 250 mil unidades do compacto no mundo inteiro.

No Brasil, o segmento abocanha fatia de 18,6% do mercado, sendo que os modelos premium correspondem a 60% desse volume, segundo o diretor comercial da Fiat, Lelio Ramos. "O segmento B premium teve crescimento de 9% de 2005 ate agora", afirmou o executivo da empresa.

Oferecendo nova gama de versões - com preços que vão de R$ 39,9 mil a R$ 54,8 mil -, a Fiat espera vender 1.000 unidades por mês neste ano e 1.500 veículos/mês a partir do ano que vem. Ramos admite que, com esse posicionamento de preços, o 500 podera ultrapassar as vendas de modelos da própria Fiat, como o Punto.

O compacto terá duas opções de motores e três de câmbio. O motor 1.4 Evo Flex equipa as versões de entrada, com potência máxima de 85 cv a gasolina e 88 cv a etanol. Seu torque máximo é de 12,4 mkgf a gasolina e 12,5 mkgf bebendo etanol, sempre a 3.500 rpm. Pela primeira vez este motor pode vir associado ao câmbio automatizado Dualogic, de cinco marchas.

O motor 1.4 16V MultiAir a gasolina, presente nas demais versões do modelo, gera potência de 105 cv e torque máximo de 13,6 mkgf a 3.850 rpm. Ele incorpora avanços tecnológicos que melhoram a potência e torque, além de torná-lo mais econômico e menos poluente, segundo a montadora.

O mercado brasileiro terá também uma série especial, limitada a 500 unidades, chamada Prima Edizione. Aplicada sobre a versão Sport Air, terá câmbio manual e apenas três cores - vermelho sfrontato, branco caldo e cinza sfrenato. Externamente, vários detalhes de acabamento distinguem a série especial da versão Sport Air, entre eles o teto, as calotas dos retrovisores e o spoiler traseiro em preto brilhante. Também conta com faixas laterais exclusivas com logotipo "500", além das rodas aro 16" com pintura preta e a sigla "Prima Edizione" na coluna das portas. Internamente, a versão especial traz costuras vermelhas no volante, na manopla da alavanca de câmbio e nos bancos, painel na cor grafite, logotipo "500" em vermelho nos tapetes e uma sigla "Prima Edizione" no encosto dos bancos dianteiros e outra sigla com o número do exemplar do lado direito do painel. O preço desta versão será de R$ 50,4 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;