Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Donetti defende candidatos governistas a federal e estadual

Vereador diz que gestão Paulo Serra precisa de nomes da cidade em Brasília e Assembleia


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

04/03/2021 | 00:02


Vereador em segundo mandato em Santo André, Rodolfo Donetti (Cidadania) afirmou que pretende seguir a orientação do prefeito Paulo Serra (PSDB) no apoio aos candidatos a deputado na eleição do ano que vem. Donetti defendeu que o governo lance ao menos um postulante a federal e outro a estadual, como forma de amplificar a gestão e fortalecer a busca por investimentos.

Em visita ao Diário, Donetti disse que, como policial militar, tem a hierarquia como um de seus pilares de atuação. Porém, espera que haja acomodação de forças para que ele possa subir no palanque de postulantes andreenses. “Hoje estou no Cidadania, sigo protocolos, mas sou do time do Paulo Serra. O direcionamento que nosso prefeito der vamos seguir. Sei que o prefeito vai colocar a mão em candidatos a federal e estadual”, sustentou o vereador. “Estou no Cidadania e meu chefe direto é o (deputado federal) Alex (Manente, Cidadania), que faz trabalho muito bom e muito importante, mas estou na base do governo e creio que será construído algo muito bom para a cidade.”

Em 2018, Donetti deu suporte à reeleição de Alex à Câmara Federal e a Thiago Auricchio (PL). Com domicílio eleitoral em São Bernardo, Alex obteve êxito, assim como Thiago, de São Caetano, que estreou na Assembleia Legislativa.

“Temos bons parlamentares na nossa região, mas que não são da nossa cidade. Ajudam dentro do limite deles, mas sei que vão dar mais preferência pelas cidades deles. Santo André precisa de deputados e é algo que terá de acontecer em 2022”, comentou Donetti. “Temos perdido muito investimento ao longo dos anos por causa disso. É preciso unir forças para voltar a colocar Santo André no patamar que nunca devia ter saído. Tem muita gente boa trabalhando em conjunto, o prefeito, o nosso líder de governo (Professor Jobert Minhoca, PSDB).”

Donetti admitiu ter recebido sondagens do prefeito para ser secretário de Segurança Pública, mas avaliou que sua maior contribuição seria na Câmara. “Achei que não era o momento certo. Evidentemente que tenho desejo de ser secretário de Segurança do município que me deu tudo e estou para servir à população. Mas quero que isso aconteça no momento certo. Atualmente a cidade está muito bem representada pelo nosso coronel Edson Sardano (PSD).”

Dentro do Legislativo, a pauta que ele já sugeriu ao Executivo é utilizar o caminhão Tempestade para dispersar bailes funk na cidade. A realização desses eventos durante as madrugadas foi considerada por Donetti como o maior desafio do momento para a segurança pública.

“Não é questão da música. O funk, como música, é cultura. Mas, infelizmente, o tráfico se aproveita dos bailes. Também há falta de respeito ao cidadão que precisa trabalhar. Muitos não conseguem dormir em meio ao barulho e têm de acordar às 4h para trabalhar no outro dia. Como fazem? Creio que com o Tempestade cerca de 80% dos problemas possam ser resolvidos”, analisou Donetti. O caminhão Tempestade, utilizado pela Prefeitura de Diadema até o fim do ano passado, dispara jato d’água para dispersão dos bailes. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Donetti defende candidatos governistas a federal e estadual

Vereador diz que gestão Paulo Serra precisa de nomes da cidade em Brasília e Assembleia

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

04/03/2021 | 00:02


Vereador em segundo mandato em Santo André, Rodolfo Donetti (Cidadania) afirmou que pretende seguir a orientação do prefeito Paulo Serra (PSDB) no apoio aos candidatos a deputado na eleição do ano que vem. Donetti defendeu que o governo lance ao menos um postulante a federal e outro a estadual, como forma de amplificar a gestão e fortalecer a busca por investimentos.

Em visita ao Diário, Donetti disse que, como policial militar, tem a hierarquia como um de seus pilares de atuação. Porém, espera que haja acomodação de forças para que ele possa subir no palanque de postulantes andreenses. “Hoje estou no Cidadania, sigo protocolos, mas sou do time do Paulo Serra. O direcionamento que nosso prefeito der vamos seguir. Sei que o prefeito vai colocar a mão em candidatos a federal e estadual”, sustentou o vereador. “Estou no Cidadania e meu chefe direto é o (deputado federal) Alex (Manente, Cidadania), que faz trabalho muito bom e muito importante, mas estou na base do governo e creio que será construído algo muito bom para a cidade.”

Em 2018, Donetti deu suporte à reeleição de Alex à Câmara Federal e a Thiago Auricchio (PL). Com domicílio eleitoral em São Bernardo, Alex obteve êxito, assim como Thiago, de São Caetano, que estreou na Assembleia Legislativa.

“Temos bons parlamentares na nossa região, mas que não são da nossa cidade. Ajudam dentro do limite deles, mas sei que vão dar mais preferência pelas cidades deles. Santo André precisa de deputados e é algo que terá de acontecer em 2022”, comentou Donetti. “Temos perdido muito investimento ao longo dos anos por causa disso. É preciso unir forças para voltar a colocar Santo André no patamar que nunca devia ter saído. Tem muita gente boa trabalhando em conjunto, o prefeito, o nosso líder de governo (Professor Jobert Minhoca, PSDB).”

Donetti admitiu ter recebido sondagens do prefeito para ser secretário de Segurança Pública, mas avaliou que sua maior contribuição seria na Câmara. “Achei que não era o momento certo. Evidentemente que tenho desejo de ser secretário de Segurança do município que me deu tudo e estou para servir à população. Mas quero que isso aconteça no momento certo. Atualmente a cidade está muito bem representada pelo nosso coronel Edson Sardano (PSD).”

Dentro do Legislativo, a pauta que ele já sugeriu ao Executivo é utilizar o caminhão Tempestade para dispersar bailes funk na cidade. A realização desses eventos durante as madrugadas foi considerada por Donetti como o maior desafio do momento para a segurança pública.

“Não é questão da música. O funk, como música, é cultura. Mas, infelizmente, o tráfico se aproveita dos bailes. Também há falta de respeito ao cidadão que precisa trabalhar. Muitos não conseguem dormir em meio ao barulho e têm de acordar às 4h para trabalhar no outro dia. Como fazem? Creio que com o Tempestade cerca de 80% dos problemas possam ser resolvidos”, analisou Donetti. O caminhão Tempestade, utilizado pela Prefeitura de Diadema até o fim do ano passado, dispara jato d’água para dispersão dos bailes. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;