Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Manchester City supera o West Ham e emplaca 20ª vitória seguida na temporada



27/02/2021 | 11:42


Um dos times que mais encantam na Europa, o Manchester City chegou à impressionante marca de 20 vitórias consecutivas na temporada ao derrotar o West Ham por 2 a 1 neste sábado, pela 26ª rodada do Campeonato Inglês. A equipe de Pep Guardiola encontrou dificuldades para superar uma das surpresas da competição, mas conseguiu o triunfo com dois gols de defensores e ampliou sua soberania na liga inglesa.

Ao vencer na abertura da rodada, o City abriu 13 pontos na liderança da Premier League e caminha a passos largos a mais uma conquista nacional. Invicto na temporada há 27 partidas, o time de Guardiola soma 62 contra 49 do vice-líder Manchester United, que ainda entra em campo no domingo diante do Chelsea. Terceiro colocado, o Leicester também soma 49 e duela com o Arsenal.

O West Ham saiu de campo derrotado, mas pode se orgulhar da apresentação no Etihad Stadium e, especialmente da campanha que faz no Campeonato Inglês. A equipe londrina não perdia há quatro partidas e só havia sido superada uma vez no torneio em 2021. No momento, continua na quarta colocação, com 45 pontos, mas terá de torcer por um tropeço do Chelsea, quinto colocado, para se manter no G4.

O West Ham fez uma ótima partida e vendeu caríssimo o resultado, o que valoriza ainda mais o triunfo do City, o vigésimo seguido na temporada. Especialmente no primeiro tempo, os visitantes endureceram a vida dos anfitriões, que tiveram dificuldade na criação, e foram muito competitivos.

Os donos da casa dominaram a posse de bola, como de praxe, mas estavam menos inspirados diante da forte marcação do time treinado por David Moyes, tanto que a primeira jogada de perigo aconteceu somente aos 29 minutos, mas foi logo o gol. De Bruyne, de volta após se recuperar de lesão, deu lindo lançamento da direita para a área. O zagueiro português Rubén Dias apareceu atrás dos marcadores e cabeceou para abrir o placar.

O West Ham não se intimidou e cresceu após ficar em desvantagem. Em sete minutos, o time de Londres criou ter oportunidades para empatar. Na melhor delas, Lingard desceu pela direita e cruzou para Fornals, que furou. A bola sobrou para Antonio finalizar para fora. Os visitantes permaneceram no ataque e foram premiados pela insistência.

O City saiu jogando mal, Lingard tomou a bola e inverteu para a direita. Fornals cruzou rasteiro para Lingard bater cruzado e Antonio chegar na pequena área para desviar para as redes e empatar a partida aos 41 minutos.

Na etapa final, o jogo ficou nervoso e truncado. Ciente da dificuldade em sua equipe romper a barreira defensiva do rival, o técnico Pep Guardiola promoveu alterações e mandou Gabriel Jesus e o jovem Foden nos lugares de Agüero e Ferrán Torres. Os anfitriões melhoraram a produção ofensiva e se recolocaram à frente no placar aos 22 minutos, com outro gol de zagueiro. Desta vez foi Stones que balançou as redes. Mahrez fez ótima jogada pela direita e rolou para o defensor bater de primeira e vencer o goleiro Randolph.

Depois do gol, o City conseguiu manter o West Ham longe de sua meta. A exceção foi a chegada nos acréscimos de Cresswell, que apareceu na área para desviar para o gol, mas viu a bola sair pela linha de fundo. No fim, mais uma vitória do avassalador time de Guardiola na temporada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Manchester City supera o West Ham e emplaca 20ª vitória seguida na temporada


27/02/2021 | 11:42


Um dos times que mais encantam na Europa, o Manchester City chegou à impressionante marca de 20 vitórias consecutivas na temporada ao derrotar o West Ham por 2 a 1 neste sábado, pela 26ª rodada do Campeonato Inglês. A equipe de Pep Guardiola encontrou dificuldades para superar uma das surpresas da competição, mas conseguiu o triunfo com dois gols de defensores e ampliou sua soberania na liga inglesa.

Ao vencer na abertura da rodada, o City abriu 13 pontos na liderança da Premier League e caminha a passos largos a mais uma conquista nacional. Invicto na temporada há 27 partidas, o time de Guardiola soma 62 contra 49 do vice-líder Manchester United, que ainda entra em campo no domingo diante do Chelsea. Terceiro colocado, o Leicester também soma 49 e duela com o Arsenal.

O West Ham saiu de campo derrotado, mas pode se orgulhar da apresentação no Etihad Stadium e, especialmente da campanha que faz no Campeonato Inglês. A equipe londrina não perdia há quatro partidas e só havia sido superada uma vez no torneio em 2021. No momento, continua na quarta colocação, com 45 pontos, mas terá de torcer por um tropeço do Chelsea, quinto colocado, para se manter no G4.

O West Ham fez uma ótima partida e vendeu caríssimo o resultado, o que valoriza ainda mais o triunfo do City, o vigésimo seguido na temporada. Especialmente no primeiro tempo, os visitantes endureceram a vida dos anfitriões, que tiveram dificuldade na criação, e foram muito competitivos.

Os donos da casa dominaram a posse de bola, como de praxe, mas estavam menos inspirados diante da forte marcação do time treinado por David Moyes, tanto que a primeira jogada de perigo aconteceu somente aos 29 minutos, mas foi logo o gol. De Bruyne, de volta após se recuperar de lesão, deu lindo lançamento da direita para a área. O zagueiro português Rubén Dias apareceu atrás dos marcadores e cabeceou para abrir o placar.

O West Ham não se intimidou e cresceu após ficar em desvantagem. Em sete minutos, o time de Londres criou ter oportunidades para empatar. Na melhor delas, Lingard desceu pela direita e cruzou para Fornals, que furou. A bola sobrou para Antonio finalizar para fora. Os visitantes permaneceram no ataque e foram premiados pela insistência.

O City saiu jogando mal, Lingard tomou a bola e inverteu para a direita. Fornals cruzou rasteiro para Lingard bater cruzado e Antonio chegar na pequena área para desviar para as redes e empatar a partida aos 41 minutos.

Na etapa final, o jogo ficou nervoso e truncado. Ciente da dificuldade em sua equipe romper a barreira defensiva do rival, o técnico Pep Guardiola promoveu alterações e mandou Gabriel Jesus e o jovem Foden nos lugares de Agüero e Ferrán Torres. Os anfitriões melhoraram a produção ofensiva e se recolocaram à frente no placar aos 22 minutos, com outro gol de zagueiro. Desta vez foi Stones que balançou as redes. Mahrez fez ótima jogada pela direita e rolou para o defensor bater de primeira e vencer o goleiro Randolph.

Depois do gol, o City conseguiu manter o West Ham longe de sua meta. A exceção foi a chegada nos acréscimos de Cresswell, que apareceu na área para desviar para o gol, mas viu a bola sair pela linha de fundo. No fim, mais uma vitória do avassalador time de Guardiola na temporada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;