Fechar
Publicidade

Domingo, 11 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Petrobras de hoje é melhor que a de um ano atrás, diz Castello Branco



25/02/2021 | 12:52


O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, aproveitou a apresentação do resultado financeiro de 2020, em teleconferência com analistas de mercado, para elencar os ganhos da empresa em sua gestão, sobretudo num ano de crises sanitária e econômica. Na lista mencionada por ele, estiveram dados relativos, principalmente, às finanças e operação da estatal.

Ele iniciou sua fala destacando que seu objetivo foi de superar os concorrentes. "Quando fomos atingidos pela crise, nosso compromisso foi de terminar melhor que começamos. A Petrobras de hoje é melhor que a de um ano atrás", afirmou.

Em seguida, respondeu críticas do presidente Jair Bolsonaro por permanecer trabalhando de casa na pandemia.

Segundo ele, o home office é uma inovação que o momento exige e "vitorioso é quem sabe mudar". "O home office reduziu a taxa de contaminação do vírus, reduziu custos e aumentou produtividade. Não foi só a Petrobras que se beneficiou", ressaltou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petrobras de hoje é melhor que a de um ano atrás, diz Castello Branco


25/02/2021 | 12:52


O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, aproveitou a apresentação do resultado financeiro de 2020, em teleconferência com analistas de mercado, para elencar os ganhos da empresa em sua gestão, sobretudo num ano de crises sanitária e econômica. Na lista mencionada por ele, estiveram dados relativos, principalmente, às finanças e operação da estatal.

Ele iniciou sua fala destacando que seu objetivo foi de superar os concorrentes. "Quando fomos atingidos pela crise, nosso compromisso foi de terminar melhor que começamos. A Petrobras de hoje é melhor que a de um ano atrás", afirmou.

Em seguida, respondeu críticas do presidente Jair Bolsonaro por permanecer trabalhando de casa na pandemia.

Segundo ele, o home office é uma inovação que o momento exige e "vitorioso é quem sabe mudar". "O home office reduziu a taxa de contaminação do vírus, reduziu custos e aumentou produtividade. Não foi só a Petrobras que se beneficiou", ressaltou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;