Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalhadores da Inaflex decretam greve geral


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

21/09/2010 | 07:05


Os trabalhadores da empresa química Inaflex, de São Bernardo, estão em greve geral, desde ontem. Os 45 funcionários reivindicam parcela adicional da PLR (Participação nos Lucros ou Resultados) de R$ 300 - atualmente em R$ 600 -, o que daria valor total de R$ 900; além do vale-refeição de R$ 10, com 20% em desconto em folha - benefício não concedido pela empresa.

Segundo o diretor do Sindicato dos Químicos do ABC, Antonio Odésio, a empresa só dará resposta sobre a PLR no dia 29. Em relação ao vale-refeição, a companhia propõe o valor de R$ 8, com 20% descontado em folha. "Por isso, os trabalhadores decidem continuar parados, o que prejudica a empresa, ainda mais quando há demanda de produção", avalia Odésio.

HISTÓRICO
O movimento teve início quarta-feira passada em protesto a pauta de reivindicação, com sete itens. A categoria solicitou a abertura de negociação.

Segundo o sindicato, a reunião com a empresa foi realizada no dia 17. Na ocasião foram discutidos cinco itens: SUR (Sistema Único de Representação); cartão farmácia; vale-refeição em dias de horas-extras; visita técnica e plano de cargos e salários.

Os dois pontos em que não houve acordo e resultou na decretação da greve ontem foram a PLR e o vale-refeição. Nova assembleia será realizada amanhã, às 7h.

Em contato por telefone, com a equipe do Diário, uma funcionária da Inaflex, informou que a empresa mantém a negociação e que não falaria sobre o assunto.

CAMPANHA
A categoria dos químicos tem data-base 1º de novembro. Em assembleia marcada para sexta-feira, os trabalhadores irão aprovar a pauta de reivindicações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;