Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Paulo Serra vai presidir o Consórcio em 2021

PMSBC/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em reunião, prefeito de Sto.André foi escolhido, tendo Volpi como vice; mobilidade entra na pauta


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

18/12/2020 | 00:12


Acordo selado entre os prefeitos eleitos e reeleitos na região recolocará o chefe do Executivo de Santo André, Paulo Serra (PSDB), à frente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC para o exercício de 2021. Em encontro realizado ontem no Paço de São Bernardo, no horário do almoço, os políticos escolheram o tucano como próximo presidente da entidade, tendo Clóvis Volpi (PL), de Ribeirão Pires, na condição de vice. Além da logística da vacina contra Covid-19, a mobilidade, com a concretização de projetos de transporte de alta capacidade, tende a integrar pauta da gestão.

A votação sobre o novo comando do Consórcio será formalizada na segunda-feira, de forma virtual, no período da tarde, em assembleia extraordinária. Paulo Serra, que irá substituir no posto Gabriel Maranhão (Cidadania), de Rio Grande da Serra, chefiou a entidade em 2019, em momento considerado delicado de esvaziamento político. O tucano foi responsável pelo processo de reaglutinação de prefeituras depois das debandadas de Diadema, na figura de Lauro Michels (PV), seguida por São Caetano, gerida por José Auricchio Júnior (PSDB), e da própria Rio Grande.

Paulo Serra disse ter ficado “bastante honrado” com a escolha. Lembrou que há tradição de prefeitos reeleitos assumirem presidência no começo do segundo mandato, tendo em vista que os eleitos, geralmente, enfrentam tarefa maior na largada, apesar da experiência política dos colegas. “Diante deste cenário, houve consenso em torno do nome, e eu aceitei esse desafio. Sem dúvida, é grande voto de confiança. Em 2019, fizemos trabalho de resgate do Consórcio e, com transparência, prestação de contas nas câmaras. Agora temos desafio da pandemia e vacinação no início de 2021. Entendo que unidos podemos fazer combate ainda mais eficiente, de forma regional.”

O tucano pontuou que o Consórcio entrará já em janeiro com pleito de investimento dos governo do Estado e federal. “Faremos contato direto para formalizar as principais demandas, uma vez que estamos preparados para receber as linhas de crédito. O Estado vai ter volume grande de recursos diante da reforma administrativa e ajuste fiscal. Vamos tentar potencializar as propostas, como revitalização das estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) – a parte de projetos já está pronta, restando a execução –, a definição da Linha 18 ou da Linha 20, do Metrô, também, para nós, muito importante. Há ainda no plano a Avenida dos Estados. Iniciamos a reestruturação em Santo André, mas tem São Caetano e Mauá no âmbito regional. Além disso, existe a questão do desenvolvimento econômico, eixo fundamental, principalmente no pós-Covid.”

Pelas redes sociais, os prefeitos da próxima legislatura relataram que, além da escolha, o encontro serviu para discussão de políticas nos municípios diante do recrudescimento dos casos de Covid na região. “Sabemos que os próximos anos serão de mais desafios, principalmente em relação à pandemia do coronavírus, no qual o Consórcio tem um papel importantíssimo na união de forças para combater a Covid e preservar vidas”, citou Auricchio. “Momento de união e diálogo”, sintetizou Volpi. Participaram da reunião, além de Paulo Serra, Orlando Morando (São Bernardo), Auricchio, José de Filippi Júnior (PT-Diadema), Marcelo Oliveira (PT-Mauá), Volpi e Claudinho da Geladeira (Podemos-Rio Grande).  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;