Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CPI aprova relatório de Thiago sobre quarteirizações


da Redação

03/12/2020 | 02:51


A CPI das Quarteirizações na Assembleia Legislativa aprovou ontem relatório final, de autoria do deputado estadual Thiago Auricchio (PL), que pede a investigação do Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde), contratado pela prefeitura de São Paulo para gerir o Hospital de Campanha do Anhembi.

“A sensação é de dever cumprido. Concluímos meses de trabalho da melhor forma possível, dando os encaminhamentos necessários para a defesa do Estado e principalmente do dinheiro público. Esse contrato tem alguns pontos contraditórios que precisam ser esclarecidos pelo Iabas, uma organização social com histórico grande de problemas e denúncias no Rio de Janeiro”, disse Thiago Auricchio, que tem base eleitoral em São Caetano.

Segundo o parlamentar, chamou atenção a relação entre o Iabas e a empresa OGS, subcontratada pelo instituto para fornecer mão de obra médica. Entretanto, em vez de receber recursos do Iabas (que, por sua vez, era pago pela prefeitura paulistana), a OGS obteve verba da prefeitura de São Paulo e do governo paulista para gerir 561 leitos. “Pedimos a quebra do sigilo bancário do Iabas e identificamos essa inconsistência, que é grave e merece uma explicação. É importante que isso seja elucidado. Precisamos saber se o pagamento se deu por intermédio de outro prestador, transformando a empresa em ‘quinteirizada’, ou se ocorreu informalmente.”

O documento será encaminhado para o Ministério Público paulista, para o Tribunal de Contas do Estado e a Receita Federal. da Redação 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CPI aprova relatório de Thiago sobre quarteirizações

da Redação

03/12/2020 | 02:51


A CPI das Quarteirizações na Assembleia Legislativa aprovou ontem relatório final, de autoria do deputado estadual Thiago Auricchio (PL), que pede a investigação do Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde), contratado pela prefeitura de São Paulo para gerir o Hospital de Campanha do Anhembi.

“A sensação é de dever cumprido. Concluímos meses de trabalho da melhor forma possível, dando os encaminhamentos necessários para a defesa do Estado e principalmente do dinheiro público. Esse contrato tem alguns pontos contraditórios que precisam ser esclarecidos pelo Iabas, uma organização social com histórico grande de problemas e denúncias no Rio de Janeiro”, disse Thiago Auricchio, que tem base eleitoral em São Caetano.

Segundo o parlamentar, chamou atenção a relação entre o Iabas e a empresa OGS, subcontratada pelo instituto para fornecer mão de obra médica. Entretanto, em vez de receber recursos do Iabas (que, por sua vez, era pago pela prefeitura paulistana), a OGS obteve verba da prefeitura de São Paulo e do governo paulista para gerir 561 leitos. “Pedimos a quebra do sigilo bancário do Iabas e identificamos essa inconsistência, que é grave e merece uma explicação. É importante que isso seja elucidado. Precisamos saber se o pagamento se deu por intermédio de outro prestador, transformando a empresa em ‘quinteirizada’, ou se ocorreu informalmente.”

O documento será encaminhado para o Ministério Público paulista, para o Tribunal de Contas do Estado e a Receita Federal. da Redação 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;