Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT elege Filippi em Diadema e Marcelo Oliveira em Mauá

Diário do Grande ABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Partido volta a comandar prefeituras no Grande ABC após derrota de 2016; pleitos foram decididos por votação apertada


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 19:16


Berço do PT, o Grande ABC elegeu dois prefeitos petistas. O ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT) voltará a comandar a Prefeitura de Diadema. O vereador Marcelo Oliveira (PT) administrará Mauá pela primeira vez. É a redenção da legenda depois da derrota de 2016, quando não elegeu chefes de Executivo na região pela primeira vez desde sua fundação, em 1980. Destaque para a pequena margem de distância nos dois municípios.

Com 100% das urnas apuradas, Filippi atingiu 51,35% dos votos válidos (106.849 adesões) contra 48,65% de Taka Yamauchi (PSD), que teve 101.231 votos. Filippi foi prefeito de Diadema de 1993 a 1996, de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008. A legenda volta ao poder no município após oito anos, quando Mário Reali (PT) foi superado pelo atual prefeito, Lauro Michels (PV).

Aos 63 anos, Filippi também foi secretário de Obras em Diadema, deputado estadual, deputado federal e secretário de Saúde da Capital, na gestão de Fernando Haddad (PT).

Em Mauá, a disputa foi acirrada e decidida por 2.676 votos. Marcelo Oliveira reconduz o PT à administração mauaense depois de quatro anos ao conquistar 91.459 votos. O atual prefeito, Atila Jacomussi (PSB), recebeu 88.783 votos. Nos válidos, o petista chegou a 50,74%. Atila, 49,26%. Na cidade 100% das urnas foram apuradas.

O PT partirá para sua quinta administração. Comandou o município com Oswaldo Dias (PT) em três oportunidades - 1997 a 2000, 2001 a 2004 e 2009 a 2012 - e com Donisete Braga (ex-PT, atual PDT) - 2013 a 2016.

Aos 48 anos, Marcelo está em terceiro mandato de vereador. Foi presidente da Câmara e, antes de ingressar na política, foi funcionário da GM (General Motors), em São Caetano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT elege Filippi em Diadema e Marcelo Oliveira em Mauá

Partido volta a comandar prefeituras no Grande ABC após derrota de 2016; pleitos foram decididos por votação apertada

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 19:16


Berço do PT, o Grande ABC elegeu dois prefeitos petistas. O ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT) voltará a comandar a Prefeitura de Diadema. O vereador Marcelo Oliveira (PT) administrará Mauá pela primeira vez. É a redenção da legenda depois da derrota de 2016, quando não elegeu chefes de Executivo na região pela primeira vez desde sua fundação, em 1980. Destaque para a pequena margem de distância nos dois municípios.

Com 100% das urnas apuradas, Filippi atingiu 51,35% dos votos válidos (106.849 adesões) contra 48,65% de Taka Yamauchi (PSD), que teve 101.231 votos. Filippi foi prefeito de Diadema de 1993 a 1996, de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008. A legenda volta ao poder no município após oito anos, quando Mário Reali (PT) foi superado pelo atual prefeito, Lauro Michels (PV).

Aos 63 anos, Filippi também foi secretário de Obras em Diadema, deputado estadual, deputado federal e secretário de Saúde da Capital, na gestão de Fernando Haddad (PT).

Em Mauá, a disputa foi acirrada e decidida por 2.676 votos. Marcelo Oliveira reconduz o PT à administração mauaense depois de quatro anos ao conquistar 91.459 votos. O atual prefeito, Atila Jacomussi (PSB), recebeu 88.783 votos. Nos válidos, o petista chegou a 50,74%. Atila, 49,26%. Na cidade 100% das urnas foram apuradas.

O PT partirá para sua quinta administração. Comandou o município com Oswaldo Dias (PT) em três oportunidades - 1997 a 2000, 2001 a 2004 e 2009 a 2012 - e com Donisete Braga (ex-PT, atual PDT) - 2013 a 2016.

Aos 48 anos, Marcelo está em terceiro mandato de vereador. Foi presidente da Câmara e, antes de ingressar na política, foi funcionário da GM (General Motors), em São Caetano. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;