Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Claudinho divulga vídeo de apoio tucano

Na política, nada é eterno. Oito anos atrás, o então vereador de Rio Grande da Serra Claudinho da Geladeira foi


Raphael Rocha

29/10/2020 | 00:03


Na política, nada é eterno. Oito anos atrás, o então vereador de Rio Grande da Serra Claudinho da Geladeira foi, com série de candidatos a prefeito do PT, à sede do Instituto Lula conhecer o ex-presidente da República. Ele concorria pela primeira vez à Prefeitura de sua cidade e encantou Lula por sua simplicidade e história. Ali, virou o xodó do Lula, rótulo que orgulhou-se de carregar por anos. Na política, a posição eleitoral é como nuvem, cada hora de um jeito. Claudinho saiu do PT, abandonou o apelido que tanto gostava, foi para o Podemos para que, em sua terceira tentativa de chegar ao poder em Rio Grande da Serra, a rejeição petista não lhe atrapalhe. Mas não é só isso. Claudinho foi rival do PSDB em 2012 e em 2016, já que o prefeito Gabriel Maranhão, hoje no Cidadania, era um tucano. Ontem, porém, a campanha de Claudinho disparou vídeo no qual o presidente paulista do PSDB e secretário de Desenvolvimento Regional do governo do Estado, Marco Vinholi, pede votos a ele. “Amigos de Rio Grande da Serra, um abraço muito grande. Quero aqui registrar nosso apoio ao Claudinho da Geladeira. Tem apoio do PSDB no município, tem trajetória de lutas e portas abertas para avançar no desenvolvimento da cidade.”

Pesquisa Ibope
O Diário vai publicar no dia 5, a próxima quinta-feira, o resultado do cenário eleitoral medido pelo Ibope em todas as sete cidades do Grande ABC. As pesquisas eleitorais serão realizadas em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra e serão tornadas públicas a dez dias do pleito, marcado para o dia 15 de novembro.

Alerta
O deputado estadual Teonilio Barba (PT), que tem domicílio eleitoral em São Bernardo, alertou que estão tentando aplicar golpes usando seu nome para pedir dinheiro para a realização de um jantar. “Alguém que fala ser André Ribeiro, dizendo ser da minha assessoria, está ligando para pessoas, com certeza para fazer clonagem do número do celular e do WhatsApp dessas pessoas. Não caiam nessa porque é golpe. Não estou fazendo festa nem convidando ninguém para jantar. Não tenho nenhum assessor fazendo isso”, disse.

Aceitação da filiação
O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou argumento da defesa do empresário Saul Klein (PSD), candidato a vice na chapa encabeçada pelo ex-vereador Fabio Palacio (PSD) em São Caetano. Saul se filiou ao PSD, mas seu registro ficou vinculado à Capital. Ele argumentou que houve erro nos procedimentos da Justiça Eleitoral, já que havia pedido filiação à sigla em São Caetano para concorrer às eleições. Saul já tinha conseguido mandado de segurança. Agora há crivo dos desembargadores.

Agenda com Skaf
Candidato do PSD à Prefeitura de Diadema, Taka Yamauchi se encontrou com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, postulante do MDB ao governo paulista em 2018 – o MDB ocupa a vaga de vice de Taka. “Tivemos uma conversa muito assertiva com o presidente da Fiesp. Conversamos sobre nossos planos para mudar o rumo político de Diadema, principalmente o retorno econômico”, citou o prefeiturável.

Deferido
A Justiça Eleitoral de Santo André deferiu a candidatura a prefeito de Dennis Ferrão (PRTB), depois da polêmica envolvendo o candidato e a direção de seu partido. Ferrão havia feito a convenção para ser prefeiturável, mas a cúpula da legenda anulou na sequência. Ferrão foi à Justiça, derrubou a decisão do partido e registrou sua campanha. “Tivemos vitória. Esse período de indefinição, por outro lado, gerou série de desgastes, houve difamação, que vai se tornar processo crime no momento oportuno. Infelizmente, o episódio trouxe prejuízo de tempo, nos atrasou muito, mas teremos que recuperar nessas duas próximas semanas”, considerou o candidato.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Claudinho divulga vídeo de apoio tucano

Na política, nada é eterno. Oito anos atrás, o então vereador de Rio Grande da Serra Claudinho da Geladeira foi

Raphael Rocha

29/10/2020 | 00:03


Na política, nada é eterno. Oito anos atrás, o então vereador de Rio Grande da Serra Claudinho da Geladeira foi, com série de candidatos a prefeito do PT, à sede do Instituto Lula conhecer o ex-presidente da República. Ele concorria pela primeira vez à Prefeitura de sua cidade e encantou Lula por sua simplicidade e história. Ali, virou o xodó do Lula, rótulo que orgulhou-se de carregar por anos. Na política, a posição eleitoral é como nuvem, cada hora de um jeito. Claudinho saiu do PT, abandonou o apelido que tanto gostava, foi para o Podemos para que, em sua terceira tentativa de chegar ao poder em Rio Grande da Serra, a rejeição petista não lhe atrapalhe. Mas não é só isso. Claudinho foi rival do PSDB em 2012 e em 2016, já que o prefeito Gabriel Maranhão, hoje no Cidadania, era um tucano. Ontem, porém, a campanha de Claudinho disparou vídeo no qual o presidente paulista do PSDB e secretário de Desenvolvimento Regional do governo do Estado, Marco Vinholi, pede votos a ele. “Amigos de Rio Grande da Serra, um abraço muito grande. Quero aqui registrar nosso apoio ao Claudinho da Geladeira. Tem apoio do PSDB no município, tem trajetória de lutas e portas abertas para avançar no desenvolvimento da cidade.”

Pesquisa Ibope
O Diário vai publicar no dia 5, a próxima quinta-feira, o resultado do cenário eleitoral medido pelo Ibope em todas as sete cidades do Grande ABC. As pesquisas eleitorais serão realizadas em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra e serão tornadas públicas a dez dias do pleito, marcado para o dia 15 de novembro.

Alerta
O deputado estadual Teonilio Barba (PT), que tem domicílio eleitoral em São Bernardo, alertou que estão tentando aplicar golpes usando seu nome para pedir dinheiro para a realização de um jantar. “Alguém que fala ser André Ribeiro, dizendo ser da minha assessoria, está ligando para pessoas, com certeza para fazer clonagem do número do celular e do WhatsApp dessas pessoas. Não caiam nessa porque é golpe. Não estou fazendo festa nem convidando ninguém para jantar. Não tenho nenhum assessor fazendo isso”, disse.

Aceitação da filiação
O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou argumento da defesa do empresário Saul Klein (PSD), candidato a vice na chapa encabeçada pelo ex-vereador Fabio Palacio (PSD) em São Caetano. Saul se filiou ao PSD, mas seu registro ficou vinculado à Capital. Ele argumentou que houve erro nos procedimentos da Justiça Eleitoral, já que havia pedido filiação à sigla em São Caetano para concorrer às eleições. Saul já tinha conseguido mandado de segurança. Agora há crivo dos desembargadores.

Agenda com Skaf
Candidato do PSD à Prefeitura de Diadema, Taka Yamauchi se encontrou com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, postulante do MDB ao governo paulista em 2018 – o MDB ocupa a vaga de vice de Taka. “Tivemos uma conversa muito assertiva com o presidente da Fiesp. Conversamos sobre nossos planos para mudar o rumo político de Diadema, principalmente o retorno econômico”, citou o prefeiturável.

Deferido
A Justiça Eleitoral de Santo André deferiu a candidatura a prefeito de Dennis Ferrão (PRTB), depois da polêmica envolvendo o candidato e a direção de seu partido. Ferrão havia feito a convenção para ser prefeiturável, mas a cúpula da legenda anulou na sequência. Ferrão foi à Justiça, derrubou a decisão do partido e registrou sua campanha. “Tivemos vitória. Esse período de indefinição, por outro lado, gerou série de desgastes, houve difamação, que vai se tornar processo crime no momento oportuno. Infelizmente, o episódio trouxe prejuízo de tempo, nos atrasou muito, mas teremos que recuperar nessas duas próximas semanas”, considerou o candidato.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;