Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Biden tem 17 pontos de vantagem sobre Trump no Wisconsin, aponta pesquisa



28/10/2020 | 10:14


O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, abriu vantagem de 17 pontos percentuais sobre o atual presidente, Donald Trump, no Wisconsin, de acordo com pesquisa de intenção de voto conduzida pela ABC News, em parceria com o Washington Post. Segundo o levantamento, o ex-vice-presidente tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% do republicano.

No Michigan, uma outra sondagem mostra uma corrida um pouco mais apertada, com Biden escolhido por 51% dos eleitores e Trump por 44% - diferença de sete pontos percentuais.

Em 2016, Trump obteve quase 3 milhões de votos a menos que a oponente democrata, Hillary Clinton, em todo o país, mas foi eleito à Casa Branca porque a derrotou no Michigan, no Wisconsin e na Pensilvânia e, com isso, conquistou os 270 delegados necessários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Biden tem 17 pontos de vantagem sobre Trump no Wisconsin, aponta pesquisa


28/10/2020 | 10:14


O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, abriu vantagem de 17 pontos percentuais sobre o atual presidente, Donald Trump, no Wisconsin, de acordo com pesquisa de intenção de voto conduzida pela ABC News, em parceria com o Washington Post. Segundo o levantamento, o ex-vice-presidente tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% do republicano.

No Michigan, uma outra sondagem mostra uma corrida um pouco mais apertada, com Biden escolhido por 51% dos eleitores e Trump por 44% - diferença de sete pontos percentuais.

Em 2016, Trump obteve quase 3 milhões de votos a menos que a oponente democrata, Hillary Clinton, em todo o país, mas foi eleito à Casa Branca porque a derrotou no Michigan, no Wisconsin e na Pensilvânia e, com isso, conquistou os 270 delegados necessários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;