Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Crime de violência sexual contra crianças e outros vulneráveis deve ser relatado


Luís Felipe Soares

29/08/2020 | 23:59


A violência sexual contra crianças e outros grupos vulneráveis (deficientes e idosos, por exemplo) continua a assustar. Todo o público precisa ficar atento sobre situações de assédio, que podem ocorrer dentro de casa ou não e por meio de familiares, pessoas próximas ou desconhecidos.

No Grande ABC, entre os meses de janeiro a junho deste ano, foram registrados 179 crimes desta natureza, média de um por dia. 

Os números seriam maiores se as vítimas falassem sobre possíveis ocorridos para algum adulto de confiança. A situação se complica na medida em que mesmo uma pessoa em quem a criança acredita que pode confiar, pode ser um agressor. Ouvir e dar crédito aos relatos também são essenciais. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Crime de violência sexual contra crianças e outros vulneráveis deve ser relatado

Luís Felipe Soares

29/08/2020 | 23:59


A violência sexual contra crianças e outros grupos vulneráveis (deficientes e idosos, por exemplo) continua a assustar. Todo o público precisa ficar atento sobre situações de assédio, que podem ocorrer dentro de casa ou não e por meio de familiares, pessoas próximas ou desconhecidos.

No Grande ABC, entre os meses de janeiro a junho deste ano, foram registrados 179 crimes desta natureza, média de um por dia. 

Os números seriam maiores se as vítimas falassem sobre possíveis ocorridos para algum adulto de confiança. A situação se complica na medida em que mesmo uma pessoa em quem a criança acredita que pode confiar, pode ser um agressor. Ouvir e dar crédito aos relatos também são essenciais. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;