Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Como ocorre o surgimento de uma cárie nos dentes?

Doença atinge pessoas de idades diversas e pode ocorrer em todos os dentes, inclusive nos de ‘leite’


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

22/08/2020 | 23:59


A cárie é caracterizada por ser uma deterioração do dente, ou seja, ele passa por processo de danificação por causa de diversos fatores até que a doença é constatada em uma avaliação médica. Entre os motivos para essa complicação estão ácidos, que são responsáveis por ‘destruir’ o esmalte do dente, uma fina e dura camada que envolve a estrutura como forma de proteção, e o desequilíbrio de certas reações bioquímicas que ocorrem na boca de cada pessoa.

O esmalte dentário é composto, em sua maioria, por fosfato de cálcio, sendo que sua manutenção frequente depende da saliva do indivíduo e as variações de seu pH (potencial hidrogeniônico, que mede grau de acidez, neutralidade ou alcalinidade de determinada solução). Em momento bom, a saliva fica supersaturada de íons cálcio e fosfato e o dente ganha minerais, com momentos ruins resultando na perda de saúde. Manter um equilíbrio positivo desse pH fisiológico é fundamental, sendo que a cárie aparece justamente quando o nível não permanece bom o bastante e a camada passa a se deteriorar.

Parte dessas mudanças no corpo ocorre por meio dos hábitos da pessoa no dia a dia, principalmente se ela costuma ingerir muitos alimentos ricos em açúcar e não realizar uma boa higiene bucal diariamente. Consumir muito doce, comidas e bebidas, faz com que as bactérias entrem em ação com forte ácido que propicia a desmineralização dentária. 

Todos os dentes podem sofrer com cárie e a doença se desenvolve em público de todas as idades, inclusive nos ‘dentes de leite’ das crianças que ainda não fizeram a troca para a dentição permanente. Evitar o surgimento dessa perda de estrutura passa por prevenção. Escovação adequada e uso constante de fio dental são essenciais, assim como ter dieta balanceada e não exagerando em lanches açucarados e com amido em sua composição.

As orientações de um dentista, médico responsável por estudar a saúde bucal, surgem de maneira especial no contato com as cárie, uma vez que somente um profissional consegue identificar a presença da doença. Se necessário, é iniciado um tratamento, em geral para restaurar o dente atingido com ajuda de resina composta ou porcelana, por exemplo. Dores na região da boca e sensibilidade dos dentes podem indicar que algo não está saudável como se imagina. 

Consultoria de Kamila Godoy, dentista integrante da Associação Brasileira de Ortodontia e pesquisadora da Faculdade de Odontologia da USP (Universidade de São Paulo). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Como ocorre o surgimento de uma cárie nos dentes?

Doença atinge pessoas de idades diversas e pode ocorrer em todos os dentes, inclusive nos de ‘leite’

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

22/08/2020 | 23:59


A cárie é caracterizada por ser uma deterioração do dente, ou seja, ele passa por processo de danificação por causa de diversos fatores até que a doença é constatada em uma avaliação médica. Entre os motivos para essa complicação estão ácidos, que são responsáveis por ‘destruir’ o esmalte do dente, uma fina e dura camada que envolve a estrutura como forma de proteção, e o desequilíbrio de certas reações bioquímicas que ocorrem na boca de cada pessoa.

O esmalte dentário é composto, em sua maioria, por fosfato de cálcio, sendo que sua manutenção frequente depende da saliva do indivíduo e as variações de seu pH (potencial hidrogeniônico, que mede grau de acidez, neutralidade ou alcalinidade de determinada solução). Em momento bom, a saliva fica supersaturada de íons cálcio e fosfato e o dente ganha minerais, com momentos ruins resultando na perda de saúde. Manter um equilíbrio positivo desse pH fisiológico é fundamental, sendo que a cárie aparece justamente quando o nível não permanece bom o bastante e a camada passa a se deteriorar.

Parte dessas mudanças no corpo ocorre por meio dos hábitos da pessoa no dia a dia, principalmente se ela costuma ingerir muitos alimentos ricos em açúcar e não realizar uma boa higiene bucal diariamente. Consumir muito doce, comidas e bebidas, faz com que as bactérias entrem em ação com forte ácido que propicia a desmineralização dentária. 

Todos os dentes podem sofrer com cárie e a doença se desenvolve em público de todas as idades, inclusive nos ‘dentes de leite’ das crianças que ainda não fizeram a troca para a dentição permanente. Evitar o surgimento dessa perda de estrutura passa por prevenção. Escovação adequada e uso constante de fio dental são essenciais, assim como ter dieta balanceada e não exagerando em lanches açucarados e com amido em sua composição.

As orientações de um dentista, médico responsável por estudar a saúde bucal, surgem de maneira especial no contato com as cárie, uma vez que somente um profissional consegue identificar a presença da doença. Se necessário, é iniciado um tratamento, em geral para restaurar o dente atingido com ajuda de resina composta ou porcelana, por exemplo. Dores na região da boca e sensibilidade dos dentes podem indicar que algo não está saudável como se imagina. 

Consultoria de Kamila Godoy, dentista integrante da Associação Brasileira de Ortodontia e pesquisadora da Faculdade de Odontologia da USP (Universidade de São Paulo). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;