Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alckmin atende pedidos de Damo


Fabrício Calado Moreira
Do Diário do Grande ABC

07/01/2006 | 08:09


O prefeito Leonel Damo (PV) está há exatos 31 dias à frente do Executivo de Mauá e já conseguiu uma grande vitória. Uma não, seis. Em seu primeiro encontro com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) teve atendido os seis pedidos que levou para o Palácio dos Bandeirantes. “Ele não disse não para nenhum”, comemora Damo. Alckmin ainda foi além. “Ele prometeu três coisas que eu não tinha relacionado”, o prefeito, que vai aproveitar o bom relacionamento com o governador para assegurar mais uma benfeitoria à cidade: a instalação de um Poupatempo. “Esse eu acredito ser difícil de conseguir, mas vou tentar.” O próximo encontro está agendado para dentro de 15 dias.

Leonel Damo, que se reuniu com Alckmin na semana passada, pediu a ampliação da capacidade da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado) de 300 para 1,3 mil alunos; a construção de uma nova rodoviária; construção de um conservatório para abrigar a Banda Marcial Infanto-juvenil da cidade; e a extensão da avenida dos Estados, que vem de Santo André e vai para a estação de trem até o Jardim Zaíra.

Solicitou também a instalação de um IML (Instituto Médico-Legal), que seria construído no cemitério Santa Lídia, além de uma delegacia seccional. Segundo o prefeito, os serviços de necrópsia são feitos em Santo André. “Lá é uma cidade grande, já tem muita concentração”, justifica Damo.

O governador mostrou-se disposto a colocar toda a equipe de governo para ajudar, segundo o chefe do Executivo. “Para cada pedido que eu apresentava, o Alckmin telefonava para o secretário da área e determinava o rápido contato comigo”, conta Damo.

Mais e mais – Alckmin prometeu também a instalação de uma ETE (Escola Técnica Estadual), a inauguração de um Bom Prato (restaurante popular que serve refeição a R$ 1), além da doação de equipamentos apropriados para cirurgias simples (como extração de hérnia) no Hospital Radamés Nardini. O Bom Prato, aliás, é uma das bandeiras de Alckmin, e deve ser utilizado como trunfo caso o tucano dispute mesmo a Presidência da República nas eleições de outubro. A pedido de Damo, o Bom Prato será instalado na região do Jardim Zaíra.

Entre as obras listadas por Damo, a construção da nova rodoviária no centro é primordial para o prefeito. “Trata-se de uma obra de importância para a população.” A intenção do chefe do Executivo é ampliar a atual rodoviária, na região central, oferecendo mais segurança e melhores acomodações para os usuários.

Damo criticou a construção do prédio onde será feita a futura Biblioteca municipal dentro da rodoviária. “Tinha que ser em um lugar baixo, não um prédio de dez andares, cuja manutenção vai custar muito. Foi algo que fizeram (o governo anterior, do petista Oswaldo Dias) que eu não concordo.” O prédio da biblioteca ainda não foi concluído e o TCE (Tribunal de Contas do Estado), na auditoria que fez nas contas de Dias de 2004, apontou diversas irregularidades na obra.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;