Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Nickelodeon confirma que Bob Esponja é personagem LGBTQ+

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/06/2020 | 15:08


"Celebrando o orgulho com a comunidade LGBTQ + e seus aliados neste mês e todos os meses", escreveu a empresa de entretenimento juvenil em um post com o protagonista do desenho Bob Esponja Calça Quadrada. Além do animal marinho, a postagem também traz imagens de Korra, de A Lenda de Korra, e de Schwoz Schwartz, de Henry Danger.

Veja a publicação da Nickelodeon sobre o mês do orgulho LGBTQ+:

Clique aqui

Em 2002, a mídia norte-americana relatou que produtos do Bob Esponja tinham grande popularidade entre o público gay. Já em 2005, grupos conservadores cristãos nos Estados Unidos afirmaram que o personagem principal da animação e seu melhor amigo Patrick eram usados para disseminar a homossexualidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nickelodeon confirma que Bob Esponja é personagem LGBTQ+


14/06/2020 | 15:08


"Celebrando o orgulho com a comunidade LGBTQ + e seus aliados neste mês e todos os meses", escreveu a empresa de entretenimento juvenil em um post com o protagonista do desenho Bob Esponja Calça Quadrada. Além do animal marinho, a postagem também traz imagens de Korra, de A Lenda de Korra, e de Schwoz Schwartz, de Henry Danger.

Veja a publicação da Nickelodeon sobre o mês do orgulho LGBTQ+:

Clique aqui

Em 2002, a mídia norte-americana relatou que produtos do Bob Esponja tinham grande popularidade entre o público gay. Já em 2005, grupos conservadores cristãos nos Estados Unidos afirmaram que o personagem principal da animação e seu melhor amigo Patrick eram usados para disseminar a homossexualidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;