Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

William Bonner encerra Jornal Nacional falando sobre invasão à TV Globo

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apresentador disse que o homem 'estava perturbado'



11/06/2020 | 10:11


William Bonner encerrou o Jornal Nacional da última quarta-feira, dia 10, com um esclarecimento sobre a invasão da sede da TV Globo, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, por um homem que fez a repórter Marina Araújo de refém. O âncora explicou o ocorrido com tranquilidade, afirmando que o invasor estava perturbado e ainda agradeceu o apoio do público e das autoridades.

- Hoje à tarde, um homem armado com uma faca fez a repórter Marina Araújo refém e invadiu aqui a sede da Rede Globo, no bairro do Jardim Botânico, no Rio. A segurança da Globo isolou o local imediatamente, chamou a Polícia Militar. Alguns minutos depois, o comandante do 23º Batalhão, o coronel Heitor Henrique Pereira, já estava negociando com o invasor, que ameaçava nossa colega. O homem estava perturbado. Ele exigia ver a Renata Vasconcellos porque é o aniversário dela. E ficava repetindo isso o tempo todo.

Bonner deu sequência ao relato, descreveu como foi a ação da PM, e frisou que ninguém saiu ferido. O invasor, assim que libertou a refém, foi preso imediatamente. O momento causou um grande alvoroço nas redes sociais, principalmente pelo fato do homem exigir a presença de Renata Vasconcellos enquanto fazia Marina de refém. Segundo a jornalista Fábia Oliveira, a âncora do Jornal Nacional ficou muito nervosa e com medo de ser ameaçada durante o ocorrido. Mas, felizmente, nada de ruim aconteceu e o jornalista aproveitou para agradecer as mensagens de apoio.

- Foi um susto enorme, mas nós recebemos aqui, nesse ambiente da redação, as duas colegas sãs e salvas, e por isso agradecemos a ação impecável da PM na proteção delas. Não foi um aniversário tranquilo, né, Renata? Mas o fato, e o mais importante, é que a Marina está bem, que você está bem. E vida que segue.

A apresentadora concordou, encerrando o telejornal:

- É isso. Vida que segue. Desejo a todos paz. Boa noite.

Nas redes sociais, a jornalista Marina Araújo também agradeceu às mensagens de solidariedade e disse ter vivido uma situação limite, incontrolável, depois que um homem lhe manteve como refém.

Agradeço imensamente pelas mensagens de solidariedade e carinho, depois do episódio de hoje. Me vi em uma situação limite, incontrolável, mas tentei manter a calma. Tive fé. Falei o que podia pra acalmar os ânimos. Contei histórias e deu certo. Ninguém se feriu. Agradeço ao coronel Heitor e a Renata [Vasconcellos]...E todos que ficaram ao meu lado até eu vir pra casa, hoje, escreveu ela, em post publicado no Instagram.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

William Bonner encerra Jornal Nacional falando sobre invasão à TV Globo

Apresentador disse que o homem 'estava perturbado'


11/06/2020 | 10:11


William Bonner encerrou o Jornal Nacional da última quarta-feira, dia 10, com um esclarecimento sobre a invasão da sede da TV Globo, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, por um homem que fez a repórter Marina Araújo de refém. O âncora explicou o ocorrido com tranquilidade, afirmando que o invasor estava perturbado e ainda agradeceu o apoio do público e das autoridades.

- Hoje à tarde, um homem armado com uma faca fez a repórter Marina Araújo refém e invadiu aqui a sede da Rede Globo, no bairro do Jardim Botânico, no Rio. A segurança da Globo isolou o local imediatamente, chamou a Polícia Militar. Alguns minutos depois, o comandante do 23º Batalhão, o coronel Heitor Henrique Pereira, já estava negociando com o invasor, que ameaçava nossa colega. O homem estava perturbado. Ele exigia ver a Renata Vasconcellos porque é o aniversário dela. E ficava repetindo isso o tempo todo.

Bonner deu sequência ao relato, descreveu como foi a ação da PM, e frisou que ninguém saiu ferido. O invasor, assim que libertou a refém, foi preso imediatamente. O momento causou um grande alvoroço nas redes sociais, principalmente pelo fato do homem exigir a presença de Renata Vasconcellos enquanto fazia Marina de refém. Segundo a jornalista Fábia Oliveira, a âncora do Jornal Nacional ficou muito nervosa e com medo de ser ameaçada durante o ocorrido. Mas, felizmente, nada de ruim aconteceu e o jornalista aproveitou para agradecer as mensagens de apoio.

- Foi um susto enorme, mas nós recebemos aqui, nesse ambiente da redação, as duas colegas sãs e salvas, e por isso agradecemos a ação impecável da PM na proteção delas. Não foi um aniversário tranquilo, né, Renata? Mas o fato, e o mais importante, é que a Marina está bem, que você está bem. E vida que segue.

A apresentadora concordou, encerrando o telejornal:

- É isso. Vida que segue. Desejo a todos paz. Boa noite.

Nas redes sociais, a jornalista Marina Araújo também agradeceu às mensagens de solidariedade e disse ter vivido uma situação limite, incontrolável, depois que um homem lhe manteve como refém.

Agradeço imensamente pelas mensagens de solidariedade e carinho, depois do episódio de hoje. Me vi em uma situação limite, incontrolável, mas tentei manter a calma. Tive fé. Falei o que podia pra acalmar os ânimos. Contei histórias e deu certo. Ninguém se feriu. Agradeço ao coronel Heitor e a Renata [Vasconcellos]...E todos que ficaram ao meu lado até eu vir pra casa, hoje, escreveu ela, em post publicado no Instagram.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;