Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Líderes da Câmara discutirao violência no campo


Do Diário do Grande ABC

03/05/2000 | 14:08


O colégio de líderes da Câmara se reúne nesta quarta a partir das 14h para acertar a formaçao de uma comissao parlamentar para discutir os conflitos no campo e tentar reduzir a tensao provocada pelas invasoes a prédios públicos e repressao da polícia ao movimento.

A reuniao foi proposta pelo líder do PSDB na Câmara, Aécio Neves.

Aécio Neves afirma que os acontecimentos desencadeados pelas invasoes de propriedades rurais e a tomada de prédios públicos, com manutençao de reféns "mostram uma inaceitável radicalizaçao no processo da reforma agrária brasileira". "A democracia está sendo questionada. Forças policiais acuadas ultrapassam seus limites de atuaçao. O proprietários rurais se armam. Grupos dissidentes brigam entre si pela supremacia na luta pela terra. Bandidos se infiltram no movimento, tirando proveitos pessoais da situaçao. A luta pela terra descamba para a ilegalidade."

A nota diz ainda que a comissao parlamentar deverá aceitar os seguintes princípios de trabalho: desocupaçao imediata de todos os prédios públicos invadidos; suspensao das ocupaçoes de terras, levantamento criterioso do número de famílias acampadas, garantindo-se após seleçao seu assentamento em projetos de reforma agrária ou sua assistência em programas sociais do governo; análise da viabilidade e dos custos dos assentamentos rurais, incluindo os financiamentos concedidos aos projetos e a discussao de formas alternativas de acesso à terra e geraçao de empregos no campo, por intermédio do Banco da Terra parcerias rurais, projetos municipais, vilas rurais entre outros.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;