Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Projeto social comemora 15 anos de auxílio a crianças com câncer

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação com palhaços já beneficiou 12 mil pacientes nos hospitais da região da Capital


Do Dgabc.com.br

13/11/2019 | 16:04


O projeto social Big Riso completou 15 anos de atuação em ambulatórios e hospitais do Grande ABC e da Capital com crianças que têm câncer. O serviço, realizado por três palhaças – Spningrifka Pirulito (Roberta Bigucci, arquiteta e advogada), Borbola (Mônica Elaine Binda, setor administrativo) e Chiquinha (Cecília Freitas Denadai, arquiteta) – já beneficiou pelo menos 12 mil pacientes em 2.000 visitas e 170 ações sociais.

O Big Riso é um projeto da construtora MBigucci e nasceu da mente de Roberta Bigucci, diretora da construtora. “Depois de assistir pela terceira ou quarta vez o filme americano Patch Adams, o Amor é Contagioso, sobre a humanização no atendimento em hospitais, eu, que já tinha trabalhado de palhaça na adolescência, achei que poderia fazer esse trabalho. Então, passei o filme na construtora MBigucci para incentivar o voluntariado entre nossos colaboradores. No começo acharam que eu estava “viajando”, mas a Mônica e a Cecília embarcaram nesta viagem comigo, e só tenho a agradecer”, comentou Roberta.

De acordo com o médico oncologista Jairo Cartum, responsável setor de oncologia pediátrica da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), a alegria muda o prognóstico dos pacientes em tratamento. “Isso já foi comprovado cientificamente por estudo feito pelo grupo americano Make a Wish. Não é só a medicação que faz o resultado. Quem vence a doença é o sistema imune e o sistema imune depende também do sistema emocional. É um trabalho em equipe.”

As visitas ocorrem de segunda e quarta-feira, em horário de expediente. Mais informações podem ser obtidas no site www.bigriso.com.br.

 

Foto: Divulgação



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto social comemora 15 anos de auxílio a crianças com câncer

Ação com palhaços já beneficiou 12 mil pacientes nos hospitais da região da Capital

Do Dgabc.com.br

13/11/2019 | 16:04


O projeto social Big Riso completou 15 anos de atuação em ambulatórios e hospitais do Grande ABC e da Capital com crianças que têm câncer. O serviço, realizado por três palhaças – Spningrifka Pirulito (Roberta Bigucci, arquiteta e advogada), Borbola (Mônica Elaine Binda, setor administrativo) e Chiquinha (Cecília Freitas Denadai, arquiteta) – já beneficiou pelo menos 12 mil pacientes em 2.000 visitas e 170 ações sociais.

O Big Riso é um projeto da construtora MBigucci e nasceu da mente de Roberta Bigucci, diretora da construtora. “Depois de assistir pela terceira ou quarta vez o filme americano Patch Adams, o Amor é Contagioso, sobre a humanização no atendimento em hospitais, eu, que já tinha trabalhado de palhaça na adolescência, achei que poderia fazer esse trabalho. Então, passei o filme na construtora MBigucci para incentivar o voluntariado entre nossos colaboradores. No começo acharam que eu estava “viajando”, mas a Mônica e a Cecília embarcaram nesta viagem comigo, e só tenho a agradecer”, comentou Roberta.

De acordo com o médico oncologista Jairo Cartum, responsável setor de oncologia pediátrica da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), a alegria muda o prognóstico dos pacientes em tratamento. “Isso já foi comprovado cientificamente por estudo feito pelo grupo americano Make a Wish. Não é só a medicação que faz o resultado. Quem vence a doença é o sistema imune e o sistema imune depende também do sistema emocional. É um trabalho em equipe.”

As visitas ocorrem de segunda e quarta-feira, em horário de expediente. Mais informações podem ser obtidas no site www.bigriso.com.br.

 

Foto: Divulgação

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;