Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Guedes sobre impeachment de Collor: 'É uma vergonha cair por causa de Fiat Elba'

Valter Campanato/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/11/2019 | 14:05


O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou nesta sexta-feira, 8, o processo de impeachment do ex-presidente Fernando Collor no início da década por causa de um Fiat Elba, que revelou um esquema de lavagem de dinheiro no governo do primeiro presidente eleito pelo voto popular após a ditadura.

"É uma vergonha alguém cair por causa de um Fiat Elba, ele (Collor) caiu porque não era de esquerda", afirmou Guedes arrancando risadas da plateia durante seminário sobre o risco Brasil na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Segundo ele, após tantos anos de ditadura, o Brasil não suportou um presidente que se alinhava mais com a direita do que a esquerda.

"Depois veio o impeachment de direita, da Dilma (Rousseff, ex-presidente)", disse o ministro, em um discurso no qual fez um panorama geral sobre a economia brasileira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guedes sobre impeachment de Collor: 'É uma vergonha cair por causa de Fiat Elba'


08/11/2019 | 14:05


O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou nesta sexta-feira, 8, o processo de impeachment do ex-presidente Fernando Collor no início da década por causa de um Fiat Elba, que revelou um esquema de lavagem de dinheiro no governo do primeiro presidente eleito pelo voto popular após a ditadura.

"É uma vergonha alguém cair por causa de um Fiat Elba, ele (Collor) caiu porque não era de esquerda", afirmou Guedes arrancando risadas da plateia durante seminário sobre o risco Brasil na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Segundo ele, após tantos anos de ditadura, o Brasil não suportou um presidente que se alinhava mais com a direita do que a esquerda.

"Depois veio o impeachment de direita, da Dilma (Rousseff, ex-presidente)", disse o ministro, em um discurso no qual fez um panorama geral sobre a economia brasileira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;