Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Secretário de Energia dos EUA condena Irã por "ataque" na Arábia Saudita



16/09/2019 | 08:42


O Secretário de Energia dos Estados Unidos, Rick Perry, condenou hoje o que chamou de "ataque do Irã contra o Reino da Arábia Saudita" em discurso durante conferência geral da Agência Internacional de Energia Atômica em Viena, a capital austríaca.

Segundo Perry, "esse comportamento é inaceitável" e o Irã deve ser responsabilizado. "Não tenha dúvida, esse foi um ataque deliberado à economia global e ao mercado de energia global", acrescentou.

No sábado (14), ataques com drones na Arábia Saudita comprometeram cerca de metade da produção de petróleo local. Rebeldes houthis do Iêmen, que são apoiados pelo Irã, assumiram responsabilidade pelo atentado. Teerã, no entanto, nega estar envolvido nos ataques.

Perry também confirmou que o presidente dos EUA, Donald Trump, autorizou a liberação da reserva estratégica de petróleo do país e disse que seu "departamento está pronto" para agir, se necessário. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Secretário de Energia dos EUA condena Irã por "ataque" na Arábia Saudita


16/09/2019 | 08:42


O Secretário de Energia dos Estados Unidos, Rick Perry, condenou hoje o que chamou de "ataque do Irã contra o Reino da Arábia Saudita" em discurso durante conferência geral da Agência Internacional de Energia Atômica em Viena, a capital austríaca.

Segundo Perry, "esse comportamento é inaceitável" e o Irã deve ser responsabilizado. "Não tenha dúvida, esse foi um ataque deliberado à economia global e ao mercado de energia global", acrescentou.

No sábado (14), ataques com drones na Arábia Saudita comprometeram cerca de metade da produção de petróleo local. Rebeldes houthis do Iêmen, que são apoiados pelo Irã, assumiram responsabilidade pelo atentado. Teerã, no entanto, nega estar envolvido nos ataques.

Perry também confirmou que o presidente dos EUA, Donald Trump, autorizou a liberação da reserva estratégica de petróleo do país e disse que seu "departamento está pronto" para agir, se necessário. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;