Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Opinião: enlutado, Charles Leclerc vence pela primeira vez no GP da Bélgica

Leo Alves

02/09/2019 | 11:48


Primeira prova depois das férias, o GP da Bélgica acabou não sendo uma corrida de festa. Pelo contrário, muitas lágrimas, emoções e lamentações marcaram a prova deste final de semana. A morte de Anthoine Hubert, aos 22 anos, no sábado, durante a primeira corrida da F2 em Spa-Francorchamps mudou o clima da corrida da F1, além de cancelar todas as atividades da categoria de acesso.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Nem mesmo Charles Leclerc conseguiu celebrar sua primeira vitória na carreira de modo eufórico. A perda do amigo que correu junto de kart com o monegasco não permitiu grandes comemorações. Aos 21 anos, Leclerc entra para o seleto grupo de vencedores da categoria em um dos finais de semana mais tristes dos últimos anos. Como homenagem a Hubert, ele apontou aos céus assim que parou sua Ferrari, antes de saltar do bólido e mostrar ao mundo o adesivo “racing for Anthoine”. Em respeito ao piloto francês, não houve nem a tradicional celebração com champanhe.

GP da Bélgica: destaques

Como esperado, diversas homenagens foram prestadas a Hubert. Durante a parada dos pilotos, o Safety Car exibiu a bandeira da França. Os socorristas foram ovacionados por todo o autódromo e os pilotos, juntamente com a mãe e o irmão de Anthoine, realizaram um minuto de silêncio. O tributo mais emotivo, entretanto, aconteceu durante a volta 19, número que era utilizado pelo piloto. O público se levantou e aplaudiu o francês durante todo aquele giro.

LEIA MAIS: Harley-Davidson, Kawasaki, Indian: veja algumas das motos mais legais do mundo

Encontro no Anhembi vai reunir picapes e hot rods

Na largada, Leclerc saiu bem e sustentou a primeira posição. Sebastian Vettel, entretanto, largou mal e perdeu a segunda posição para Lewis Hamilton, mas recuperou o posto logo depois. Um pouco mais atrás, Max Verstappen dividiu a curva 1 com Kimi Raikkonen e levou a pior, quebrando a suspensão de sua Red Bull e batendo na subida da Eau Rouge, o que fez com que o Safety Car fosse acionado. Embora tenha sua Alfa Romeo tenha sido levantada na batida, Raikkonen conseguiu seguir na prova e terminou em 16º.

Estratégias dos pits

Vettel foi o primeiro entre os ponteiros a entrar nos boxes, na volta 15. Leclerc só parou na volta 21, enquanto que Hamilton e Bottas pararam nos giros 22 e 23, respectivamente. Com isso, Sebastian foi alçado ao primeiro lugar, mas acabou perdendo ritmo rápido, por conta do desgastes dos pneus. Quando Leclerc encostou, a Ferrari pediu a troca de posição.

O alemão ainda perdeu o segundo lugar para Hamilton e, quando estava prestes a ser superado por Bottas, acabou fazendo um novo pit stop para colocar pneus novos.

Hamilton no cangote

As últimas cinco voltas foram emocionantes. Lewis Hamilton passou a impor um ritmo de classificação e reduziu bruscamente a vantagem de Leclerc. No último giro, os dois estavam praticamente juntos e parecia questão de tempo para o pentacampeão superar o jovem da Ferrari. Entretanto, a batida da Alfa Romeo de Antonio Giovinazzi no último setor forçou uma bandeira amarela localizada, o que ajudou o monegasco a faturar sua primeira vitória.

Outro piloto que merece destaque é Alexander Albon. Em sua primeira corrida pela Red Bull, o tailandês saiu do fim do grid, mas terminou em quinto, deixando boa impressão. Sergio Perez também fez uma boa prova pela Racing Point, encerrando a prova belga no sexto lugar. Para conferir o grid completo, clique aqui.

Anthonie Hubert

Divulgação

Anthonie Hubert: 1996-2019

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;