Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ford compra Quantum Signal para acelerar o desenvolvimento de carros autônomos

Da Redação, com assessoria

05/08/2019 | 14:48


A Ford anunciou a aquisição da Quantum Signal, empresa especializada em robótica, sensores, simulação em tempo real e desenvolvimento de algoritmos  para acelerar o seu plano de entrada no negócio de veículos autônomos. Embora seja pouco conhecida do público, a pequena empresa fundada em 1999 na cidade de Saline, Michigan, EUA, atua na vanguarda da robótica móvel para diversos clientes, incluindo o Exército dos Estados Unidos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Quantum Signal: carros autônomos

A Quantum Signal ajudou os militares a desenvolver um software que permite controlar veículos robóticos a milhares de quilômetros de distância. Ela também construiu um ambiente de simulação robusto para projetos de veículos autônomos que é usado até hoje.

“Eles estavam no nosso radar há algum tempo”, diz Randal Visintainer, diretor-técnico de Veículos Autônomos da Ford. “Nos últimos anos, a Ford vem montando um time de especialistas altamente qualificados de desenvolvimento de software, simulação e aprendizado de máquina, vindos de todas as partes do mundo, para acelerar o desenvolvimento de veículos autônomos. Com a integração da Quantum Signal, esse time fica maior e ainda mais forte.”

LEIA MAIS: Professor roda mais 1 milhão de km com Ford Verona 1990

Protótipo da Ford F-150 elétrica reboca trem de quase 600 toneladas

A ampla experiência desse grupo de trabalho vai apoiar a Ford em numerosas áreas para a criação de um negócio de serviços de transporte com veículos autônomos, incluindo o desenvolvimento de software e protótipos. A Quantum Signal é conhecida pela criação do ambiente de modelagem e simulação ANVEL, usado em programas de robótica militar com sistemas remotos e autônomos não-tripulados. Essa experiência ajudará no desenvolvimento de ambientes de simulação abrangentes, nos quais a Ford poderá testar e melhorar o desempenho de seus veículos e seu modelo de negócios.

A empresa de tecnologia realizou também um extenso trabalho no desenvolvimento de algoritmos para a direção de veículos autônomos militares. Além de softwares, a empresa tem experiência em robótica e sistemas de detecção e percepção, que ajudarão os veículos autônomos da Ford a melhorar sua capacidade de analisar o ambiente ao redor.

Instalada no prédio de uma antiga escola em Saline, a Quantum Signal desenvolveu uma cultura própria que a Ford quer preservar nesse processo de integração. “Todos os engenheiros querem realizar um trabalho significativo que faça a diferença, não para ficar parado numa prateleira”, diz Randal Visintainer. “Assim como Henry Ford trouxe a liberdade de locomoção para as massas com o Modelo T, agora os engenheiros da Quantum Signal terão a oportunidade de influenciar diretamente o mundo e ampliar essa liberdade.”

Na galeria, veja alguns modelos autônomos testados pelo mundo.

Foto: Divulgação

A Ford colocou nas ruas de Miami, EUA, um Fusion aotônomo; trata-se de uma parceria com o governo local

Foto: Divulgação

A Ford colocou nas ruas de Miami, EUA, um Fusion aotônomo; trata-se de uma parceria com o governo local

Foto: Divulgação

A Ford colocou nas ruas de Miami, EUA, um Fusion aotônomo; trata-se de uma parceria com o governo local

Foto: Divulgação

A Ford colocou nas ruas de Miami, EUA, um Fusion aotônomo; trata-se de uma parceria com o governo local

Foto: Divulgação

Mercedes-Benz Future Bus com tecnologia CityPilot

Foto: Divulgação

Mercedes-Benz Future Bus com tecnologia CityPilot promete levar a condução autônoma aos ônibus do futuro

Foto: Divulgação

Ford Fusion autônomo

Foto: Divulgação

A Ford já realizou uma série de testes com um Fusion que dirige sozinho

Foto: Divulgação

Mercedes-Benz S 500 Intelligente Drive

Foto: Divulgação

A Mercedes-Benz também entrou na onda dos autônomos com o projeto S 500 Intelligent Drive

Foto: Divulgação

Recentemente, a Baidu anunciou que irá desenvolver sistemas autônomos em parceria com a Microsoft

Foto: Divulgação

A Baidu, fabricante de produtos relacionados à informática e internet, tem avaliado um BMW Série 3 pelas ruas de Pequim, na China

Foto: Divulgação

Em março deste ano, o grupo PSA anunciou que vai deixar motoristas comuns testarem veículos com tecnologias de condução autônoma

Foto: Divulgação

Protótipo autônomo da PSA Peugeot Citroën

Foto: Divulgação

Protótipo autônomo da PSA Peugeot Citroën

Foto: Divulgação

O C4 autônomo do grupo PSA, por exemplo, fez uma viagem de mais de 3 mil quilômetros sem a ajuda do condutor. O carro dirigiu sozinho de Paris a Bordeaux, na França

Foto: Divulgação

O Grupo PSA (Peugeot Citroën) testa carros autônomos na Europa

Foto: Divulgação

A Kia pretende colocar no mercado seu primeiro carro autônomo em 2030. O veículo contará com as tecnologias Highway Driving Assist (HDA), que controla direção, frenagem e aceleração em autoestrada, combinado com a Lane Guidance System (LGS) e o Advanced Smart Cruise Control (ASCC)

Foto: Divulgação

A empresa de buscas na web também fez uma parceria com o grupo FCA. Eles incluíram o modelo Chrysler Pacifica na frota de carros autônomos

Foto: Reprodução

O Google também criou um projeto automotivo que não tem direção e pedal de aceleração

Foto: Divulgação

Lexus RX450h do Google

Foto: Divulgação

O Lexus RX450h do Google foi o primeiro veículo autônomo a se envolver em um acidente durante testes. O carro estava a 3 km/h quando colidiu levemente com um ônibus na Califórnia, nos EUA

Foto: Divulgação

Nos próximos meses, fãs e clientes da Audi poderão andar a bordo de um A7 autônomo. O veículo vai dirigir pelas estradas da Alemanha em uma velocidade de até 130 km/h

Foto: Divulgação

O novo Audi A8 é o primeiro veículo autônomo produzido em série

Em 2016, o ator Daniel Brühl chegou a um festival de cinema alemão a bordo de um Audi A8 L W12 autônomo

Foto: Divulgação

Land Rover Range Rover Sport com tecnologia Autonomous Urban Drive (Condução Urbana Autônoma) é testado no Reino Unido

Foto: Divulgação

Land Rover Range Rover Sport com tecnologia Autonomous Urban Drive (Condução Urbana Autônoma) é testado no Reino Unido

Foto: Divulgação

Volvo XC90 autônomo testado em parceria com a Uber

Foto: Divulgação

A Volvo também uniu forças à empresa de transporte Uber para testar um Volvo XC90 autônomo

Foto: Divulgação

Volvo XC90 autônomo - Projeto Drive Me

Foto: Divulgação

Volvo XC90 autônomo - Projeto Drive Me

Foto: Divulgação

A Volvo é uma das pioneiras em testes de carros autônomos. O projeto Drive Me selecionou famílias para testarem modelos XC90 que dirigem sozinhos pelas ruas da Suécia

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;