Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Musical em tom de adeus

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

‘Descendentes 3’ trata de decisões e consequências no que parece ser o fim da saga


Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

04/08/2019 | 07:00


Tranquilidade e tensão dividem o ambiente de Auradon. Ao mesmo tempo em que o relacionamento de Mal e Ben avança, com tudo caminhando para que a garota seja a futura rainha, a dupla está sempre de olho para evitar que Uma – ou qualquer outro vilão – apareça para se vingar. Esse clima de dualidade se multipla em diferentes aspectos no aguardado Descendentes 3. A produção do Disney Channel internacional chega à versão brasileira do canal pago na sexta-feira (9), às 20h, pronta para ensinar algumas lições morais, divertir os fãs, revelar canções e coreografias inéditas, mostrar a evolução na vida dos personagens e, talvez, encerrar a saga.

Caso você não conheça os filmes, eles giram em torno de jovens que são filhos de heróis e vilões do universo da Disney. O quarteto principal é formado por Mal (descendente de Malévola, de A Bela Adormecida), Evie (filha da Rainha Má, de Branca de Neve), Carlos (herdeiro de Cruella de Vil, de 101 Dálmatas) e Jay (filho de Jafar, de Aladdin), escolhidos para deixar a Ilha dos Perdidos para viver em reino comandado pelos mocinhos. Entre diversas confusões e conflitos, eles aprendem que as diferenças não representam inimizade.

O terceiro capítulo da série de telefilmes retoma a ideia inicial, com a próxima etapa do processo de dar chance para que outros jovens ‘vilões’ possam habitar o mundo de Auradon. De maneira inesperada, Hades (de Hércules) aparece no fim da cerimônia e assusta a todos com seu poder, fazendo com que a possibilidade de manter a barreira no local para sempre seja discutida. Mal está no meio desse debate e não sabe qual decisão tomar, com a saudade de casa e a vontade de proteger seu atual reino sendo razões para a indecisão da garota. Audrey, filha de Aurora (A Bela Adormecida), reforça a discussão sobre os perigos que insistem em acontecer.

O trailer de Descendentes 3 mostra poucas coisas do conteúdo. Todo o clima sugere que Hades é a fonte de problemas da vez, com o conto de fadas dos protagonistas estando sob ameaça por causa de sua invasão. A ideia de não acreditar nas aparências tem força na história, assim como a questão de que nem todo mundo é tão bonzinho ou malvado como se imagina.

Carlos tratava doença

Uma tragédia agitou os preparativos para a estreia de Descendentes 3. O ator Cameron Boyce, o Carlos, morreu em 6 de julho por causa de epilepsia, doença marcada por excesso de atividades cerebrais que resultam em crises de ‘ausência’ (quando a pessoa parece ter a mente ‘desligada’ por instantes e, de repente, volta ao normal) e convulsões (o corpo reaje a contrações involuntárias da musculatura com movimentos desordenados). O jovem de 20 anos tratava o problema e partiu enquanto dormia.

Nascido em Los Angeles, nos Estados Unidos, Boyce iniciou a carreira aos 9 anos, e participou do filme Gente Grande e do seriado Jessie. Sua fama aumentou quando foi escalado para viver o filho da vilã Cruella de Vil (101 Dálmatas), no universo de Descendentes. Além dos três filmes, ele também dublou Carlos nos episódios do desenho Descendentes: Mundo de Vilões.

A exibição do novo filme, no sábado, contará com homenagem especial ao artista.

A estreia da produção nos Estados Unidos ocorreu em 2 de agosto;

O diretor dos três telefilmes de ‘Descendentes’é Kenny Ortega, especialista em musicais, coreógrafo e também responsável por comandar a trilogia ‘High School Musical’;

Os outros longas-metragens foram lançados em 2015 e 2017.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Musical em tom de adeus

‘Descendentes 3’ trata de decisões e consequências no que parece ser o fim da saga

Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

04/08/2019 | 07:00


Tranquilidade e tensão dividem o ambiente de Auradon. Ao mesmo tempo em que o relacionamento de Mal e Ben avança, com tudo caminhando para que a garota seja a futura rainha, a dupla está sempre de olho para evitar que Uma – ou qualquer outro vilão – apareça para se vingar. Esse clima de dualidade se multipla em diferentes aspectos no aguardado Descendentes 3. A produção do Disney Channel internacional chega à versão brasileira do canal pago na sexta-feira (9), às 20h, pronta para ensinar algumas lições morais, divertir os fãs, revelar canções e coreografias inéditas, mostrar a evolução na vida dos personagens e, talvez, encerrar a saga.

Caso você não conheça os filmes, eles giram em torno de jovens que são filhos de heróis e vilões do universo da Disney. O quarteto principal é formado por Mal (descendente de Malévola, de A Bela Adormecida), Evie (filha da Rainha Má, de Branca de Neve), Carlos (herdeiro de Cruella de Vil, de 101 Dálmatas) e Jay (filho de Jafar, de Aladdin), escolhidos para deixar a Ilha dos Perdidos para viver em reino comandado pelos mocinhos. Entre diversas confusões e conflitos, eles aprendem que as diferenças não representam inimizade.

O terceiro capítulo da série de telefilmes retoma a ideia inicial, com a próxima etapa do processo de dar chance para que outros jovens ‘vilões’ possam habitar o mundo de Auradon. De maneira inesperada, Hades (de Hércules) aparece no fim da cerimônia e assusta a todos com seu poder, fazendo com que a possibilidade de manter a barreira no local para sempre seja discutida. Mal está no meio desse debate e não sabe qual decisão tomar, com a saudade de casa e a vontade de proteger seu atual reino sendo razões para a indecisão da garota. Audrey, filha de Aurora (A Bela Adormecida), reforça a discussão sobre os perigos que insistem em acontecer.

O trailer de Descendentes 3 mostra poucas coisas do conteúdo. Todo o clima sugere que Hades é a fonte de problemas da vez, com o conto de fadas dos protagonistas estando sob ameaça por causa de sua invasão. A ideia de não acreditar nas aparências tem força na história, assim como a questão de que nem todo mundo é tão bonzinho ou malvado como se imagina.

Carlos tratava doença

Uma tragédia agitou os preparativos para a estreia de Descendentes 3. O ator Cameron Boyce, o Carlos, morreu em 6 de julho por causa de epilepsia, doença marcada por excesso de atividades cerebrais que resultam em crises de ‘ausência’ (quando a pessoa parece ter a mente ‘desligada’ por instantes e, de repente, volta ao normal) e convulsões (o corpo reaje a contrações involuntárias da musculatura com movimentos desordenados). O jovem de 20 anos tratava o problema e partiu enquanto dormia.

Nascido em Los Angeles, nos Estados Unidos, Boyce iniciou a carreira aos 9 anos, e participou do filme Gente Grande e do seriado Jessie. Sua fama aumentou quando foi escalado para viver o filho da vilã Cruella de Vil (101 Dálmatas), no universo de Descendentes. Além dos três filmes, ele também dublou Carlos nos episódios do desenho Descendentes: Mundo de Vilões.

A exibição do novo filme, no sábado, contará com homenagem especial ao artista.

A estreia da produção nos Estados Unidos ocorreu em 2 de agosto;

O diretor dos três telefilmes de ‘Descendentes’é Kenny Ortega, especialista em musicais, coreógrafo e também responsável por comandar a trilogia ‘High School Musical’;

Os outros longas-metragens foram lançados em 2015 e 2017.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;