Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

PED atrapalha unidade em Mauá


Raphael Rocha

01/08/2019 | 07:00


Mauá foi colocada na lista de prioridades do PT na tentativa de reaver algumas administrações municipais após, em 2016, a legenda não eleger um prefeito sequer. A palavra de ordem no petismo mauaense é unidade, para evitar qualquer racha que possa atrapalhar na estratégia para o ano que vem. Porém, no primeiro teste para a construção dessa unidade, a sigla mostrou que arestas ainda precisam ser aparadas. O grupo do ex-vice-prefeito Paulo Eugenio Pereira Junior lançou candidato próprio ao PED (Processo de Eleição Direta), que escolherá o próximo presidente do diretório, contra o atual mandatário da agremiação, Getúlio Júnior, o Juninho, apoiado pela maioria dos militantes. Quem se colocou à frente do debate para unificar o partido foi o ex-prefeito Oswaldo Dias. Um dos cotados para ser prefeiturável em 2020, Oswaldo tenta pavimentar a candidatura exclusiva de Juninho, evitando fissuras no PED.

BASTIDORES

Justificativa
Ex-vice-prefeito de Mauá, Paulo Eugenio Pereira Junior negou que o apoio à candidatura de Narcisio Buglio, contra o atual presidente do PT de Mauá, Getúlio Júnior, o Juninho, seja para rachar a sigla. “Acredito que o presidente do partido não deve ser candidato a vereador para poder coordenar a campanha a prefeito, coligações e montar a chapa de candidatos. E o atual presidente pretende ser candidato a vereador”, disse. Ele também pontuou que o projeto de Narcisio representa “giro à esquerda, popular, feminista, antirracista”. “Queremos um partido militante, jovem, LGBTI, socialista e radical, para reconstruir o PT em Mauá.”

Café amargo
Na Câmara de São Bernardo, o vereador Pery Cartola (PSDB), líder do governo na casa, devolveu as máquinas de café alugadas pelo Legislativo para a presidência, hoje sob responsabilidade de Ramon Ramos (PDT). Cada gabinete recebeu um equipamento, da marca Saeko, em contrato firmado neste ano pelo pedetista. Quando presidente, no biênio 2017-2018, Pery cortou esse benefício dos parlamentares com discurso de austeridade com o recurso público.

Veículos elétricos
O vereador Jander Lira (PP), de São Caetano, defendeu que a GCM (Guarda Civil Municipal) adote frota com veículos elétricos. “São Caetano tem que se preparar para o futuro da mobilidade urbana. O mundo todo está mudando para o transporte elétrico, e o poder público tem a obrigação de sinalizar nesse sentido.” No projeto, Jander solicita que 20% dos carros sejam elétricos, incluindo GCM e outras secretarias, até 2025. “O poder público precisa começar a mudança de sua matriz energética.”

Movimentação
O vereador Rafael Demarchi, de São Bernardo, não deve continuar no PRB para a eleição do ano que vem. A sigla está próxima do governo do prefeito Orlando Morando (PSDB). A situação de Rafael é monitorada de perto por lideranças do PT da cidade, que deve apostar na candidatura do ex-prefeito Luiz Marinho ao Paço. O nome de Rafael é comentado para ser vice do petista.

Florais
O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), reclamou de picos de ansiedade e revelou que tem tomado florais de Bach na tentativa de se acalmar. Ele só não quis revelar os motivos pelos quais anda tão ansioso. Talvez seja a aproximação do processo eleitoral, no qual ele terá de apostar em um candidato à sua sucessão.

Volta ao batente
Os vereadores de Diadema retomam hoje os trabalhos com oito projetos na pauta para votação. Um deles, de autoria de Paulo Bezerra (PV), determina à Prefeitura a cessão de intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) durante o pré-natal e o parto de gestantes com deficiência auditiva. Outro, de Boquinha (Cidadania), exige vacinação contra hepatite tipo A para funcionários da empresa que presta serviço de coleta de resíduos sólidos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PED atrapalha unidade em Mauá

Raphael Rocha

01/08/2019 | 07:00


Mauá foi colocada na lista de prioridades do PT na tentativa de reaver algumas administrações municipais após, em 2016, a legenda não eleger um prefeito sequer. A palavra de ordem no petismo mauaense é unidade, para evitar qualquer racha que possa atrapalhar na estratégia para o ano que vem. Porém, no primeiro teste para a construção dessa unidade, a sigla mostrou que arestas ainda precisam ser aparadas. O grupo do ex-vice-prefeito Paulo Eugenio Pereira Junior lançou candidato próprio ao PED (Processo de Eleição Direta), que escolherá o próximo presidente do diretório, contra o atual mandatário da agremiação, Getúlio Júnior, o Juninho, apoiado pela maioria dos militantes. Quem se colocou à frente do debate para unificar o partido foi o ex-prefeito Oswaldo Dias. Um dos cotados para ser prefeiturável em 2020, Oswaldo tenta pavimentar a candidatura exclusiva de Juninho, evitando fissuras no PED.

BASTIDORES

Justificativa
Ex-vice-prefeito de Mauá, Paulo Eugenio Pereira Junior negou que o apoio à candidatura de Narcisio Buglio, contra o atual presidente do PT de Mauá, Getúlio Júnior, o Juninho, seja para rachar a sigla. “Acredito que o presidente do partido não deve ser candidato a vereador para poder coordenar a campanha a prefeito, coligações e montar a chapa de candidatos. E o atual presidente pretende ser candidato a vereador”, disse. Ele também pontuou que o projeto de Narcisio representa “giro à esquerda, popular, feminista, antirracista”. “Queremos um partido militante, jovem, LGBTI, socialista e radical, para reconstruir o PT em Mauá.”

Café amargo
Na Câmara de São Bernardo, o vereador Pery Cartola (PSDB), líder do governo na casa, devolveu as máquinas de café alugadas pelo Legislativo para a presidência, hoje sob responsabilidade de Ramon Ramos (PDT). Cada gabinete recebeu um equipamento, da marca Saeko, em contrato firmado neste ano pelo pedetista. Quando presidente, no biênio 2017-2018, Pery cortou esse benefício dos parlamentares com discurso de austeridade com o recurso público.

Veículos elétricos
O vereador Jander Lira (PP), de São Caetano, defendeu que a GCM (Guarda Civil Municipal) adote frota com veículos elétricos. “São Caetano tem que se preparar para o futuro da mobilidade urbana. O mundo todo está mudando para o transporte elétrico, e o poder público tem a obrigação de sinalizar nesse sentido.” No projeto, Jander solicita que 20% dos carros sejam elétricos, incluindo GCM e outras secretarias, até 2025. “O poder público precisa começar a mudança de sua matriz energética.”

Movimentação
O vereador Rafael Demarchi, de São Bernardo, não deve continuar no PRB para a eleição do ano que vem. A sigla está próxima do governo do prefeito Orlando Morando (PSDB). A situação de Rafael é monitorada de perto por lideranças do PT da cidade, que deve apostar na candidatura do ex-prefeito Luiz Marinho ao Paço. O nome de Rafael é comentado para ser vice do petista.

Florais
O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), reclamou de picos de ansiedade e revelou que tem tomado florais de Bach na tentativa de se acalmar. Ele só não quis revelar os motivos pelos quais anda tão ansioso. Talvez seja a aproximação do processo eleitoral, no qual ele terá de apostar em um candidato à sua sucessão.

Volta ao batente
Os vereadores de Diadema retomam hoje os trabalhos com oito projetos na pauta para votação. Um deles, de autoria de Paulo Bezerra (PV), determina à Prefeitura a cessão de intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) durante o pré-natal e o parto de gestantes com deficiência auditiva. Outro, de Boquinha (Cidadania), exige vacinação contra hepatite tipo A para funcionários da empresa que presta serviço de coleta de resíduos sólidos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;