Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Por Amor: Ângela Vieira relembra cena icônica da surra em Regina Duarte



15/07/2019 | 16:11


Uma das cenas mais marcantes de Por Amor vai ao ar nesta segunda-feira, dia 15. Após ser pressionada pela irmã, Virgínia, papel de Ângela Vieira, Helena, vivida por Regina Duarte, conta que, após o bebê de sua filha, Maria Eduarda, interpretada por Gabriela Duarte, morrer, ela trocou o bebê pelo seu próprio, nascido na mesma noite, para poupar a filha de sofrimento - já que ela também perdeu o útero em um parto complicado.

Indignada com a situação, Virgínia dirá que se Helena não contar a verdade para o pai de seu bebê, Atílio, interpretado por Antônio Fagundes, ela mesma contará.

Helena continua defendendo sua atitude, e diz que eles nunca saberão. Descontrolada, Virgínia então dá uma surra na irmã. Tudo com diálogos ótimos, dignos de Manoel Carlos, é claro.

Para a Globo, Ângela Vieira relembrou o momento: Essa cena me marcou muito. Tinha muita emoção e ação. Havia uma marcação de posição para que os movimentos fossem realizados com toda a intensidade. A ideia era fazer a cena de primeira, para preservar todo o calor do momento e para que a fosse crível para o público. Ensaiamos algumas vezes e deu tudo certo, de primeira como previsto pelo diretor Ricardo Waddington.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por Amor: Ângela Vieira relembra cena icônica da surra em Regina Duarte


15/07/2019 | 16:11


Uma das cenas mais marcantes de Por Amor vai ao ar nesta segunda-feira, dia 15. Após ser pressionada pela irmã, Virgínia, papel de Ângela Vieira, Helena, vivida por Regina Duarte, conta que, após o bebê de sua filha, Maria Eduarda, interpretada por Gabriela Duarte, morrer, ela trocou o bebê pelo seu próprio, nascido na mesma noite, para poupar a filha de sofrimento - já que ela também perdeu o útero em um parto complicado.

Indignada com a situação, Virgínia dirá que se Helena não contar a verdade para o pai de seu bebê, Atílio, interpretado por Antônio Fagundes, ela mesma contará.

Helena continua defendendo sua atitude, e diz que eles nunca saberão. Descontrolada, Virgínia então dá uma surra na irmã. Tudo com diálogos ótimos, dignos de Manoel Carlos, é claro.

Para a Globo, Ângela Vieira relembrou o momento: Essa cena me marcou muito. Tinha muita emoção e ação. Havia uma marcação de posição para que os movimentos fossem realizados com toda a intensidade. A ideia era fazer a cena de primeira, para preservar todo o calor do momento e para que a fosse crível para o público. Ensaiamos algumas vezes e deu tudo certo, de primeira como previsto pelo diretor Ricardo Waddington.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;