Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prefeituras do ABC aderem a programa federal


Raymundo de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

28/07/2001 | 16:29


A Prefeitura de São Bernardo investe R$ 120 para cada uma das 1.380 crianças e adolescentes assistidos pelo Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), segundo Carolina do Rocio Klomfahs, coordenadora executiva do programa na cidade. Carolina disse que o governo federal repassa R$ 40 para cada participante, e envia aos cofres do município R$ 10 por criança e adolescente assistidos. A verba é para a manutenção e o governo fixa R$ 3 como teto para gasto com mão-de-obra (educadores e pessoal de infra-estrutura).

“Para podermos oferecer cursos complementares como artesanato e outras atividades socioeducativas temos, muitas vezes, de pagar profissionais; também fornecemos lanches para as crianças e adolescentes”, disse Carolina.

São Bernardo é o único município do Grande ABC a receber dinheiro do governo federal para erradicar o trabalho infantil. A cidade foi contemplada no programa para tirar crianças e adolescentes dos lixões por causa da exploração de sucata por famílias de baixa renda no Lixão do Alvarenga.

Convênio – Até o fim do ano, as Prefeituras de Santo André, Diadema e Mauá também devem fazer parte do Peti. Em Santo André, foram cadastradas 8.116 famílias para receber verbas do programa do governo federal, segundo a chefe da Divisão de Criança e Adolescente da Prefeitura, Cleuza Rodrigues Repulho. O município poderá ter 4.207 famílias atendidas, segundo a previsão feita pelo governo federal.

Em Diadema, a Prefeitura aguarda a aprovação do convênio com a União para implementar o programa. Somente depois é que vai iniciar o cadastramento das famílias da cidade.

A previsão é de que 700 famílias sejam beneficiadas. Em Mauá, a expectativa da Prefeitura é de que 100 famílias sejam beneficiadas pelo programa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;