Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Otan estende ataques às forças sérvias em Kosovo


Do Diário do Grande ABC

26/03/1999 | 10:06


Pela segunda noite consecutiva, a Organizaçao do Tratado do Atlântico Norte (Otan) bombardeou quinta-feira maciçamente a Iugoslávia, estendendo seus ataques - anteriormente dirigidos contra a defesa antiaérea iugoslava - às forças armadas sérvias na província de Kosovo.

Ao meio-dia desta sexta-feira, os bombardeiros B-52 norte-americanos com base em Fairford (Inglaterra) começaram a decolar para uma nova missao na República Federal Iugoslava (RFI).

Os bombardeios da noite passada, que pretendem pressionar o presidente iugoslavo, Slobodan Milosevic, para aceitar um acordo de paz em Kosovo, atingiram alvos militares sérvios em várias cidades da Sérvia, Montenegro e Kosovo. Nenhuma das partes informou vítimas.

Segundo um funcionário da Otan, a Aliança atacou pela primeira vez as ``forças armadas sérvias'' em Kosovo nao ligadas à defesa antiaérea.

O ataque às infraestruturas militares ``unicamente'' em Kosovo, além da defesa antiaérea, estava previsto no plano, declarou o responsável, que lembrou que entre os objetivos dos aliados está o cessar dos combates na província.

``Nos concentramos nas forças armadas sérvias que estao sendo reunidas para investir contra os kosovares'', disse quinta-feira, em Washington, o porta-voz do Pentágono, Kenneth Bacon.

Entre os ``quarenta alvos'' estao ``quartéis, em primeiro lugar prédios onde estao alojados soldados, com a intençao manifesta de causar o maior número de perdas de vidas humanas'', informou o estado-maior do exército iugoslavo.

Segundo fontes sérvias, três avioes da Otan foram derrubados durante os combates. A informaçao foi desmentida pela Aliança, segundo a qual todos os avioes e os pilotos ``voltaram saos e salvos a suas bases''.

Os primeiros bombardeios começaram às 16h30 de Brasília e, aparentemente, continuaram durante cerca de três horas. Em Belgrado, as sirenes anunciaram o fim do alerta aéreo às 19h27 de Brasília.

Após o início dos bombardeios, Belgrado anunciou a ruptura de suas relaçoes diplomáticas com os Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e França.

Os principais alvos da Aliança foram o norte de Belgrado, onde estao as instalaçoes militares, as cidades sérvias de Kosovska Mitrovica (ao norte), Kraljevo (ao sul) e Nis (a sudeste), a regiao do aeroporto de Golubovci, os depósitos de muniçoes de Danilovgrado e instalaçoes em Radovac, nos arredores de Podgorica (capital de Montenegro) e a noroeste de Pristina, capital de Kosovo.

Os jornalistas dos países-membros da Aliança foram expulsos quinta-feira da Iugoslávia, após uma ordem do Ministério sérvio de Informaçao. Uma jornalista da TV holandesa Net 5 foi seqüestrada perto de Novi Sad (norte de Belgrado), segundo responsáveis da emissora.

Enquanto isso, as forças sérvias ``continuaram intensificando'' suas açoes armadas na província meridional sérvia, disse quinta-feira o comandante supremo das forças aliandas na Europa, o general americano Wesley Clark.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;