Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sesc de S.Bernardo deve ser aberto à população em 2022

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estimativa foi dada durante assinatura da transmissão de posse do terreno onde ficará equipamento


Tauana Marin
Do dgabc.com.br

18/05/2019 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo e o Sesc (Serviço Social do Comércio) estimaram a abertura da unidade são-bernardense em 2022. A previsão foi anunciada ontem, durante ato que formalizou a doação do terreno onde será instalado o equipamento em São Bernardo.

O espaço escolhido fica ao lado do Pavilhão Vera Cruz, na Avenida Lucas Nogueira Garcez, no Jardim do Mar. Há pelo menos 15 anos o local, de cerca de 20 mil metros quadrados, estava em desuso. A ideia é dar início às intervenções no ano que vem, com previsão de até dois anos e meio para conclusão das obras.

As instituições estimam ser necessário aporte de R$ 150 milhões para construção da unidade do Sesc no local. Parte do projeto já está erguida, como o local onde ficará o teatro, com capacidade de 800 cadeiras, bilheteria e praça de alimentação. O ginásio poliesportivo terá que ser construído do zero. A projeção de recursos foi dada pelo presidente do Sesc, Abram Szajman, que não descartou aumento das cifras.

“É um prazer trabalhar nessa propriedade que será de responsabilidade do Sesc. Vamos concluir com rapidez e com a qualidade que a população merece”, declarou Szajman.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), enalteceu o procurador-geral do município, Luiz Mario Pereira de Souza Gomes, autor da ideia do convênio do Sesc para revitalizar a área ao lado do Vera Cruz.

“Estamos doando também as edificações e o projeto, desenvolvidos pela arquiteta Lina Bo Bardi (arquiteta modernista ítalo-brasileira também responsável pelo projeto do Masp, Museu de Arte de São Paulo)”, comentou Morando. “Eu, como prefeito, sou passageiro, mas o Sesc é permanente à população, aos trabalhadores. Por isso, hoje o dia é de agradecimento”, completou o tucano, em pronunciamento no local.

De acordo com diretor do Sesc Danilo Santos de Miranda, o objetivo é que a instituição possa cumprir seu papel de levar bem-estar, oferecendo suporte efetivo, tanto social como cultural. “Termos mais uma unidade é um ato de esperança e de afirmação institucional. É um ambiente para todos, em específico aos trabalhadores do comércio.”

A doação da área foi autorizada na semana passada pela Câmara. “Hoje (ontem) é um dia de muita alegria já que teremos inúmeros serviços e lazer em uma área antes inutilizada. Isso vai atrair pessoas a São Bernardo já que teremos um espaço condizente com a grandeza de nossa cidade”, comentou o vereador bispo João Batista (PRB), que discursou. O presidente da casa, Ramon Ramos (PDT), também esteve na cerimônia.

A unidade do Sesc em São Bernardo será a terceira na região. A primeira foi inaugurada em 1993 em São Caetano e a segunda em Santo André, em 2002. Os locais são palco de peças teatrais, apresentações musicais, diversas oficinas, além áreas de prática esportivas e de lazer. Há também atendimentos, como odontológicos.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sesc de S.Bernardo deve ser aberto à população em 2022

Estimativa foi dada durante assinatura da transmissão de posse do terreno onde ficará equipamento

Tauana Marin
Do dgabc.com.br

18/05/2019 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo e o Sesc (Serviço Social do Comércio) estimaram a abertura da unidade são-bernardense em 2022. A previsão foi anunciada ontem, durante ato que formalizou a doação do terreno onde será instalado o equipamento em São Bernardo.

O espaço escolhido fica ao lado do Pavilhão Vera Cruz, na Avenida Lucas Nogueira Garcez, no Jardim do Mar. Há pelo menos 15 anos o local, de cerca de 20 mil metros quadrados, estava em desuso. A ideia é dar início às intervenções no ano que vem, com previsão de até dois anos e meio para conclusão das obras.

As instituições estimam ser necessário aporte de R$ 150 milhões para construção da unidade do Sesc no local. Parte do projeto já está erguida, como o local onde ficará o teatro, com capacidade de 800 cadeiras, bilheteria e praça de alimentação. O ginásio poliesportivo terá que ser construído do zero. A projeção de recursos foi dada pelo presidente do Sesc, Abram Szajman, que não descartou aumento das cifras.

“É um prazer trabalhar nessa propriedade que será de responsabilidade do Sesc. Vamos concluir com rapidez e com a qualidade que a população merece”, declarou Szajman.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), enalteceu o procurador-geral do município, Luiz Mario Pereira de Souza Gomes, autor da ideia do convênio do Sesc para revitalizar a área ao lado do Vera Cruz.

“Estamos doando também as edificações e o projeto, desenvolvidos pela arquiteta Lina Bo Bardi (arquiteta modernista ítalo-brasileira também responsável pelo projeto do Masp, Museu de Arte de São Paulo)”, comentou Morando. “Eu, como prefeito, sou passageiro, mas o Sesc é permanente à população, aos trabalhadores. Por isso, hoje o dia é de agradecimento”, completou o tucano, em pronunciamento no local.

De acordo com diretor do Sesc Danilo Santos de Miranda, o objetivo é que a instituição possa cumprir seu papel de levar bem-estar, oferecendo suporte efetivo, tanto social como cultural. “Termos mais uma unidade é um ato de esperança e de afirmação institucional. É um ambiente para todos, em específico aos trabalhadores do comércio.”

A doação da área foi autorizada na semana passada pela Câmara. “Hoje (ontem) é um dia de muita alegria já que teremos inúmeros serviços e lazer em uma área antes inutilizada. Isso vai atrair pessoas a São Bernardo já que teremos um espaço condizente com a grandeza de nossa cidade”, comentou o vereador bispo João Batista (PRB), que discursou. O presidente da casa, Ramon Ramos (PDT), também esteve na cerimônia.

A unidade do Sesc em São Bernardo será a terceira na região. A primeira foi inaugurada em 1993 em São Caetano e a segunda em Santo André, em 2002. Os locais são palco de peças teatrais, apresentações musicais, diversas oficinas, além áreas de prática esportivas e de lazer. Há também atendimentos, como odontológicos.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;