Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Inglês se suicida com guilhotina automática


Da AFP

16/01/2003 | 11:04


Um homem de 36 anos se suicidou em Milbourne, Norte da Inglaterra, com uma guilhotina que ele mesmo fabricou, equipando-a com um ativador eletrônico de tempo, informou nesta quinta-feira o jornal The Sun.

Segundo a polícia, Boyd Taylor, que era pedreiro, fabricou ele mesmo a guilhotina de 2,4 metros de altura e um metro de largura, equipada com uma pesada lâmina bem afiada e um ativador eletrônico de tempo.

O ativador tinha sido programado para segunda-feira às 3h30 da madrugada. Pouco antes, Taylor se recostou em um colchão inflável e esperou que a lâmina caísse.

Taylor vivia com seu pai em uma casa de Milbourne.

O Sun lembrou outros suicídios estranhos, como o de uma galesa que colocou uma corda no pescoço, amarrou a outra ponta em uma árvore e, assim, pôs em funcionamento seu carro e arrancou a toda velocidade, morrendo decapitada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inglês se suicida com guilhotina automática

Da AFP

16/01/2003 | 11:04


Um homem de 36 anos se suicidou em Milbourne, Norte da Inglaterra, com uma guilhotina que ele mesmo fabricou, equipando-a com um ativador eletrônico de tempo, informou nesta quinta-feira o jornal The Sun.

Segundo a polícia, Boyd Taylor, que era pedreiro, fabricou ele mesmo a guilhotina de 2,4 metros de altura e um metro de largura, equipada com uma pesada lâmina bem afiada e um ativador eletrônico de tempo.

O ativador tinha sido programado para segunda-feira às 3h30 da madrugada. Pouco antes, Taylor se recostou em um colchão inflável e esperou que a lâmina caísse.

Taylor vivia com seu pai em uma casa de Milbourne.

O Sun lembrou outros suicídios estranhos, como o de uma galesa que colocou uma corda no pescoço, amarrou a outra ponta em uma árvore e, assim, pôs em funcionamento seu carro e arrancou a toda velocidade, morrendo decapitada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;